A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/09/2011 09:22

Preso rapaz que matou taxista a tiros no Jardim Nascente do Segredo

Nadyenka Castro e Francisco Júnior

Preso rapaz que matou taxista a tiros no Jardim Nascente do Segredo

Próximo ao táxi, no asfalto, ficaram manchas de sangue. (Foto: Simão Nogueira)Próximo ao táxi, no asfalto, ficaram manchas de sangue. (Foto: Simão Nogueira)

Está preso Wesley Oliveira dos Santos, de 18 anos, apontado como autor dos disparos de tiros que mataram o taxista Daniel Manoel Dudu, no dia 26 de agosto deste ano, no Jardim Nascente do Segredo, em Campo Grande. Ele foi preso no distrito de Piraputanga, às 5h30min desta terça-feira.

As informações sobre a prisão de Wesley serão repassadas pela Polícia Civil em entrevista coletiva à imprensa às 14h30min desta terça-feira, na DGPC (Delegacia-Geral da Polícia Civil).

A namorada de Wesley, uma adolescente de 17 anos, também envolvida no crime, está apreendida desde o dia do homicídio.

O casal saiu de um show que era realizado no estádio Morenão e solicitou corrida ao taxista. Quando Wesley e a garota chegaram ao destino, no Jardim Nascente do Segredo, mataram Daniel. Os ‘clientes’ não tinham dinheiro para pagar o serviço.



Infelizmente não vai dar em nada, ele não vai ficar preso, já passou o flagrante. A própria lei favorece o bandido, q depois do crime se ausente por 48 horas, fica tudo certo. Só perde quem é morto e a familia. Isso é Brasil.
 
Renato Rieff em 06/09/2011 11:09:01
Penso que a matéria não deveria chamar um criminoso com este de cliente, no mínimo, suspeito, pois, ao adentrar à um táxi o "cliente" deveria ter em consciência que ao final do trajeto (corrida) teria que desembolsar para pagar o transporte, se assim não aconteceu, há de se analisar que a má fé, poderia já estar presente desde o embarque, pois, ninguém, naquelas condições, sem dinheiro para o pagamento, porta uma arma sem segundas intenções! Ao que se nota é que o autor querendo fazer graça, média com a namoradinha, achou que brindaria a mesma com a volta para casa de táxi, luxuosamente, e, ao final, com ares de "poderoso" intimidaria o pobre trabalhador com uma arma e este deixaria quieto os valores à receber, por medo, entretanto, infelizmente, o pior aconteceu, uma vida foi ceifada banalmente!
 
Eduardo Juliace em 06/09/2011 10:13:46
É esse tipo de crime que a sociedade precisa se mobilizar e cobrar das autoridades penas mais duras. Não é possível que um crime dessa natureza e, que tenha menor envolvido cumpra medida socio-educativa de apenas tres anos e, o maior com direito a beneficio de um sexto da pena. Prisão perpétua já para crimes dessa natureza!
 
Vicente de Paulo em 06/09/2011 09:32:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions