A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/01/2012 15:00

Presos após sequestro e roubo trabalhavam no Parque dos Poderes

Aline dos Santos

A proximidade traz temores por permitir que o conhecimento da rotina e horários torne os funcionários públicos potenciais alvos

Presos trabalhavam como serviços-gerais no Parque dos Poderes. (Foto: Simão Nogueira)Presos trabalhavam como serviços-gerais no Parque dos Poderes. (Foto: Simão Nogueira)

O Parque dos Poderes, onde uma vítima de roubo foi deixada amarrada ontem, já foi local de trabalho dos dois assaltantes.

Presos em flagrante, Josinei Fernandes Barbosa, de 23 anos, e Ary Anunciação Filho, de 32 anos, participavam até o mês passado de um projeto que encaminha detentos para o trabalho.

Eles atuavam em serviços gerais pelo parque, incluindo a área externa da Casa Civil, que funciona na Governadoria, centro do poder em Mato Grosso do Sul.

Nesta terça-feira, o entorno do prédio permanecia com a grama bem aparadas, meio-fio pintado de branco, mas, já não se via os trabalhadores do programa de ressocialização. “Eles sempre estão por ai. É engraçado, mas hoje não apareceram. Bom, a gente também não pode julgar. Porque nem todo bandido está preso”, comenta um servidor.

A prisão surpreendeu quem conhecia Ary. O Campo Grande News apurou que o preso relatava que ia se recuperar e demonstrava simpatia ao entrar nas dependências do órgão público para tomar café e água.

A proximidade traz temores por permitir que o conhecimento da rotina e horários torne os funcionários públicos potenciais alvos. “O negócio é dar no máximo bom dia e manter distância”, diz uma funcionária que trabalha há 14 anos próximo à prefeitura do Parque. Ela relata que já observou que os presos têm um ponto em comum. “Todos que saem do presídio têm moto”.

De acordo com a Agepen (Agência de Administração do Sistema Penitenciário), o encaminhamento dos presos é feito pelo Patronato Penitenciário. No caso da região do Parque dos Poderes, que também inclui o Parque das Nações, o convênio é com o Conselho da Comunidade. Ao todo, 4.331 presos trabalham em Mato Grosso do Sul.

Josinei e Ary cumpriam regime aberto na Casa do Albergado. Oficialmente, eles estavam à procura de emprego, direito legal dos presos. Conforme o delegado da Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos Roubos e Furtos), Fábio Peró, Josinei relatou que trabalhou na região do Parque dos Poderes.

Ele confessou já ter cometidos outros quatro assaltos à mão armada. Preso inicialmente em regime fechado no presídio Jair Ferreira de Carvalho, a Máxima, ele obteve direito à progressão de pena. Em dezembro de 2010, foi considerado foragido do regime aberto, onde era obrigado somente a dormir na Casa do Albergado. A recaptura foi em 14 de julho do ano passado.

Em fevereiro do ano passado, quando ainda estava foragido, o preso informou ao juiz de Execuções Penal de que precisou fazer tratamento contra a tuberculose. Em 19 de julho, Josinei voltou para a Máxima. Dois meses depois foi autorizado a retornar ao regime aberto. O fato de ter se justificado durante o período de evasão pesou a seu favor, assim como o bom comportamento.

Ary Anunciação Filho foi condenado a 17 anos e seis meses por receptação, tráfico de drogas e porte de arma. Ele ficou foragido do regime semiaberto entre agosto e novembro de 2009. Em agosto do ano passado, obteve o regime aberto.

Ontem, após as prisões, a dupla deu uma única justificativa para o crime: precisava de dinheiro. Os dois estão na Derf, que fica ao lado do endereço do regime aberto em Campo Grande.

Dupla foi presa após perseguição policial. (Foto: Pedro Peralta)Dupla foi presa após perseguição policial. (Foto: Pedro Peralta)

O roubo – A vítima foi abordada pelos ladrões no bairro Carandá Bosque. O contador, de 40 anos, conduzia um Fiat Siena. Um dos autores, armado com um revólver, anunciou o assalto. O homem dirigiu o próprio veículo, com os criminosos dentro do carro, até o Parque dos Poderes, onde foi deixado em um matagal da região.

Com o carro do contador, a dupla fugiu. Policiais da Derf foram acionados pelo rádio – pela própria vítima, que a essa altura já havia se soltado – e avistaram os criminosos ainda na região do parque, em frente à Secretaria de Administração.

Josinei Fernandes desobedeceu a ordem de parada. Houve perseguição e os policiais dispararam dois tiros de advertência. A dupla seguiu pela avenida Gury Marques, onde entrou na contramão da via.

O motorista perdeu o controle e bateu o carro em um poste. Mesmo ferido, continuou fugindo a pé com o comparsa. Eles entraram em uma residência, onde foram abordados pelos policiais.

A arma que utilizaram no assalto – um revólver calibre 38 da marca Rossi – foi escondida dentro do microondas da casa. Também foram aprendidos 5 munições intactas e um aparelho celular.

Perigo – Em 2009, João de Jesus Lemes foi preso após ser flagrado por frequentadores do Parque das Nações Indígenas quando tentava abusar de um menino de 10 anos. Ele era vigia no Parque das Nações, função desempenhada como parte do programa de ressocialização de presos, que foi colocado em xeque após esse fato. Dono de uma extensa ficha de casos de pedofilia, João está livre desde o dia 12 de dezembro em Campo Grande.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


oi aparecida vc disse q pau q nasce torto nao fica reto vc esta enganada pra deus nada e imposivel e mae nunca perde a esperança so basta ter fe em deus vc nunca passou por isso entao fica calada q deus t abençoe
 
josy lima em 02/10/2012 13:40:37
ESTE AI QUE DIZ: PORQUE NÃO OUVIR OS PRESOS,MEU AMIGO, CAI NA REAL, PAU QUE NASCE MUITO TORTO, NÃO FICA RETO, ISTO AI É SANGUE RUI,
POR POUCA COISA, ELES MATAM E NÃO SENTEM NADA,QDO É ASSIM, ATÉ A FAMILIA, A PRÓPRIA MÃE, NÃO TEM MAIS ESPERANÇA. SE ESTES SUJEITOS MORREM, É UM ALIVIO PRA FAMILIA.
 
APARECIDA SERQUEIRA SANDIM em 22/03/2012 05:25:25
ISTO NÃO TEM CONCERTO,SOMENTE COM A MORTE DESTES MISERÁVEIS. TENHO CERTEZA, SE ALGUM CIDADAO DO BEM, MATAR UMA PRAGA DESTA,PEGA MAIS CADEIA,QUE OS PRÓPRIOS BANDIDOS.
 
MARIA SANDRA NEVES em 22/03/2012 05:15:45
Culpa da sociedade que acredita no impossível. O judiciário usa alguns mecanismos questionáveis nos benefícos concedidos. Enquantos n'alguns ainda pode-se depositar uma mínima confiança, os benfícios são conedidos justamente àqueles que deram prova dos desméritos.
 
Ezio Jose em 18/01/2012 12:54:14
porque a midia nao ouve o que os presos tem a dizer.
 
deison dos santos em 18/01/2012 09:44:16
porque a midia não para para ouvir os presos. Nem todo preso continua no erro ouve opreso midia
 
santos em 18/01/2012 09:41:57
tem q pagar em regime fechado sem ter odireito de regime aberto se ate mesmo dentro da cadeia eles comanda assalto aqui fora imaginem eles nas ruas cuidado senhores politicos o proximo podem ser vcs ai qum sabem vcs muda essa lei
 
sebastiao v arruda em 18/01/2012 09:12:04
O problema é saber quem é cidadão de bem e quem é bandido no parque dos poderes!!!!!
 
Carlinhos Bezerra em 18/01/2012 08:33:07
O tal João, pedófilo, hoje solto, deve ser imediatamente monitorado, do contrário vai
reincidir no crime, pois , com certeza não submeteu-se a tratamento quando esteve
preso por seu transtorno mental. Quanto aos demais, mostraram mais uma vez que
presídio não recupera.
 
antonio carlos garcia de queiroz em 18/01/2012 06:15:34
Se o tal pedófilo joão, não se submeteu a tratamento quando esteve preso, com certe
za vai "atacar" outra vez,visto que, a pedofilia é transtorno psíquico comportamental.
Devia ser monitorado.
 
antonio carlos queiroz em 18/01/2012 06:04:02
depois querem jogar culpa no estado em todos orgaos q esses bandidos tem direito de consertar ,,,, mas olha ai ,,, nada adianta pra esses crapulas não,,,,chances eles tem só nao qerem melhorar ,,,,cadeia neles poe limpa banheiro na cela ,, tem ralar,, cidade ta cheia de obras cheia servico ,, ajudante pedreiro ,,, com direito uniforme comida tudo mais, basta querer redimir sair dessa vida,,,
 
rosilene leonel em 18/01/2012 04:56:33
Sabe, eu sempre falei, local que de quem descupriu a lei é na jaula, até pagar a pena, mas a legislação criada pelos nossos politicos, da nisso. Os políticos acreditam que santos existem em presídios. Nas próximas eleições vou pescar... Por que? Por que meu voto não vai mudar a atual situação; salvo melhor juízo de algum entendido.
 
MILTON SILVA em 17/01/2012 10:54:25
A ressocializaçao deveria ser na sede da OAB, na casa de quem libera os bandidos que mesmo apos cometerem crimes as dezenas nunca pegam cadeia. Poderiam nas saidas de pascoa, ano novo natal, dias das maes, e sabe-se la que mais os dias em que recebem indulto, que passassem esses dias nas casas dessas pessoas que tanto os defendem. Só mesmo quem combate essa corja sabe que a unica forma de rec
 
Horlando P. de Mattos em 17/01/2012 10:54:24
Precisando de dinheiro??? brincadeira esses marginais.
Um parcela mínima de presidiários, deveriam ser colocados em liberdade com direito a trabalho em locais públicos.
Esse povo NÃO quer trabalho, sim vida boa. Olha para o currículo da grande maioria dos malandros. Na adolescencia dormia até tarde, usava drogas, estudar nem pensar, trabalhar muito menos e aprontar sempre... até a terceira idade
 
neyde de oliveira em 17/01/2012 08:57:49
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions