A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/06/2015 10:55

Presos, suspeitos de estupro negam crime e acusam vítima de embriaguez

Filipe Prado

Os dois homens acusados de estuprar uma mulher de 28 anos durante uma festa na madrugada de ontem (21). H.L.V, 30 anos, e J.C.S, 25, que tiveram somente as iniciais divulgadas pela polícia, negaram o crime e, sobre a acusação, alegaram que a vítima estava bêbada.

A delegada Rosely Molina, titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), apontou que os acusados foram presos em flagrante na Avenida Marques de Pombal, no Jardim Lourenço, após uma denúncia. “Eles alegaram que ela estava na festa e ingeriu bebida alcoólica e negaram o crime”, contou.

O inquérito policial foi instaurado, sendo que outras diligências serão feitas para encontrar testemunhas. A vítima realizou exames no IMOL (Instituto Médico e Odontológico Legal) e laudos da perícia estão sendo aguardados.

Conhecidos – Conforme a delegada, nos casos de estupro, entre 40% a 45% dos autores são conhecidos das vítimas, sendo amigos, parentes, vizinhos.

O comportamento dos autores deve ser analisado a cada caso, mas o pensamento que impera em todos é de que “o corpo da mulher é um objeto. Este é o pensamento machista”, comentou Molina.

Caso - A mulher contou que estava em uma casa de conhecidos, onde participou de uma festa em família. Ela relatou à polícia que bebeu durante a confraternização e como estava dirigindo resolveu dormir um pouco antes de ir embora. A vítima estava em um dos cômodos do imóvel, quando por volta das 5h foi surpreendida por dois homens e violentada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions