ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Prestes a encarar medidas mais rígidas, 201 ainda desrespeitam toque de recolher

Todas essas pessoas foram orientadas a voltarem para casa depois das 20h e 48 estabelecimentos tiveram de encerrar atendimento

Por Guilherme Correia | 16/07/2020 09:02
Motorista que dirigia sob efeito de álcool na Avenida Júlio de Castilho (Foto: Direto das Ruas)
Motorista que dirigia sob efeito de álcool na Avenida Júlio de Castilho (Foto: Direto das Ruas)

Em mais um dia de fiscalização pelas ruas de Campo Grande, equipes da Guarda Civil Metropolitana flagraram 201 pessoas desrespeitando o toque de recolher, das 20h às 5h de hoje (16). Entre elas, uma motorista que dirigia alcoolizada na Avenida Júlio de Castilho foi encaminhada à delegacia.

Segundo boletim de ocorrência, mulher de 46 anos perdeu controle da direção do veículo, um Fiat Palio, colidiu com meio-fio de calçada da Avenida Júlio de Castilho, Bairro Vila Alba. O registro consta que a motorista chegou a quase atropelar um ciclista.

A mulher desceu do veículo aparentando sinais de embriaguez e tentou fugir do local, mas foi impedida por um Guarda e um funcionário de um posto de combustível próximo. Depois de teste do bafômetro, constatou-se resultado de 0,36 mg/L, caracterizando crime de direção sob efeito de álcool.

Operação toque de recolher - Além disso, 46 estabelecimentos comerciais foram orientados a fecharem as portas. Um deles chegou a ser notificado pela Semadur (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano) por alvará vencido, e a Vigilância Sanitária esteve em 15 locais mas não constatou irregularidade em nenhum deles.

A população ligou 333 vezes no telefone 153, da Guarda, e 138 ligações eram denúncias de desrespeito à quarentena.

Equipes de fiscalização durante a Operação Toque de Recolher (Foto: Divulgação/GCM)
Equipes de fiscalização durante a Operação Toque de Recolher (Foto: Divulgação/GCM)