A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/04/2014 17:48

Professores irão à Unei para dar aulas a adolescentes acusados de estupro

Lidiane Kober e Bruno Chaves
Secretária de Educação e Delegada falara sobre o caso nesta segunda-feira (Foto: Cleber Gellio)Secretária de Educação e Delegada falara sobre o caso nesta segunda-feira (Foto: Cleber Gellio)

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) vai encaminhar professores itinerantes à Unei (Unidade Educacional de Internação) para dar aulas aos três adolescentes, acusados de estuprar menino de 10 anos, no banheiro da Escola Municipal Consulesa Margarida Maksoud Trad, no Bairro Estrela Dalva, em Campo Grande.

Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira (14), a secretária de Educação Ângela Maria Britto explicou que, por serem alunos frequentes da rede, os adolescentes têm o direito de continuar estudando e de receber acompanhamento pedagógico. Eles vão receber os benefícios enquanto estiverem detidos na Unei.

“Se precisar vão terminar o ano letivo lá, com o acompanhamento de professores itinerantes, que vão até à Unei, por exemplo, para aplicar as provas”, disse a secretária. No caso de a Justiça os liberar da detenção, os três serão transferidos sigilosamente de colégio.

Ainda na coletiva, a titular da Semed relatou que os três adolescentes não tinham histórico de problema escolar. “Eram alunos sem ocorrência, com notas boas, frequentes e de bom comportamento”, afirmou, após avaliação de professores do referido colégio. Responsável pelo caso, a delegada Aline Gonçalves Sinnott Lopes disse que também não há ocorrência policial contra o trio.

A ela, os adolescentes negaram qualquer envolvimento com o caso. Na sexta-feira passada (11), eles foram apreendidos e encaminhados à Unei. No mesmo dia, o advogado do trio ingressou com pedido de habeas corpus, negado pela Justiça. Eles vão permanecer detidos até a Justiça se manifestar novamente.

Secretaria inicia ciclo de palestras após estupro de menino de 10 anos em escola
Após o caso de estupro envolvendo um menino de 10 anos e três adolescentes infratores, em uma escola no bairro Estrela Dalva, em Campo Grande, a Secr...
Polícia realiza novas buscas sobre caso de estupro de menino em escola
A Polícia realiza nesta segunda-feira (14) novas investigações sobre o caso de abuso sexual contra um menino de 10 anos, ocorrido na Escola Municipal...


Eles merecem todo o apoio educacional, mas não devem ser tratados com coitadismo, pois na hora de fazer o mal ao próximo não pensaram...devem pagar pelo que fizeram!
 
Luciano Silgueiro em 14/04/2014 20:45:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions