A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/03/2011 11:07

Programa leva qualificação ao Bairro Dom Antônio Barbosa

Aline Queiroz

Região tem 2,7 mil desempregados, segundo pesquisa da Fiems

A Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) lançou ontem o programa Indústria Ativa no Bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, região que tem 2,7 mil desempregados, segundo pesquisa da Federação.

Serão oferecidos cursos nas áreas da construção civil, têxtil e vestuário, mecânica de manutenção e alimentos, cursos de armador, carpinteiro, eletricista, encanador, pedreiro e pintor, costura industrial, mecânico de bicicleta, padeiro e processo de desossa.

A previsão é que em dois meses os moradores já tenham sido qualificados. Somente ontem, 250 pessoas fizeram inscrição nos cursos.

O Sesi levará à comunidade os serviços de odontologia, ginecologia e escovódromo, além dos cursos dos projetos de inclusão digital, “Cozinha Brasil”, Biblioteca Itinerante e ação contra a dengue.

No dia 12 de março terá ação contra a dengue na região, também promovida como parte das atividades do programa.

Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


louvavel esta iniciativa, não se pode mais dar o peixe, deve-se ensinar a pescar.
esta região é sempre lembrada como bolsão de miseria onde as ongs e religioes realizam atendimentos alimentares e sociais quase que numa substituição às açoes do poder público que cumpre em parte o seu papel, pois ali tem ceinfs, escola centro de saude(necessita ser transformado em 24horas), transporte etç, contudo esta qualificação é uma necessidade eminente.
cabe dizer por ultimo que para arrendodar a conversa, que basta a comunidade local abraçar a oportunidade e quebrar o tabu e ser reconhecida como comunidade cidadã deixando de ser vista com a atual discriminação. fazendo parte da cadeia produtiva da capital de forma mais qualificada. parabens a todos. felicidade absoluta
 
ROBSON MARTINS - LIDER cOMUNITARIO e ADVOGADO em 02/03/2011 05:04:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions