A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/09/2011 09:17

Promotor representa contra adolescentes que se reuniam para fazer sexo

Francisco Júnior

Dos sete representados, o promotor pediu a internação de dois adolescentes, sendo um de 14 e outro de 15 anos. Eles seriam os lideres do grupo

Adolescentes fizeram até uniforme para o grupo. (Foto: João Garrigó)Adolescentes fizeram até uniforme para o grupo. (Foto: João Garrigó)

O promotor da Infância, Adolescência e Juventude, Sérgio Harfouche, entrou com o pedido de indiciamento de sete adolescentes integrantes de um grupo que se reunia para fazer orgias em uma casa localizada no Bairro Iracy Coelho, em Campo Grande.

De acordo com o promotor, os menores serão indiciados pelo ato infracional de estupro de vulnerável. “Eu indiciei uma gangue. Eles foram denunciados pela associação criminosa, vadiagem, por matar aula, usar droga e praticar sexo”, afirmou.

Dos sete indiciados, o promotor pediu a internação de dois adolescentes, sendo um de 14 e outro de 15 anos. Eles seriam os lideres do grupo. “Eram eles que combinavam as reuniões, que organizaram tudo”, disse Harfouche. O adolescente de 15 anos já tem passagem pela policia por receptação e furto.

O promotor explica que inicialmente não tinha a intenção de representar contra os menores, mas mudou de decisão após analisar o inquérito policial.

“A primeira intenção era de não representar, dar uma medida de correção do que uma medida socioeducativa logo de cara. Porém, ficou claro a má intenção do grupo de participar de atos de libidinagem”, ressaltou.

Para o promotor, a ação desses adolescentes é uma péssima influência para essa geração. “Na minha avaliação, o que esse adolescentes fizeram não é um dono apenas para eles, mas para toda uma geração. Isso é uma tipo de situação que não pode ficar impune. Compromete os jovens que querem estudar, que querem ter um vida certa”, destacou.

Grupo - A história veio à tona depois que uma mãe de 30 anos procurou ajuda para tirar a filha de 12 anos de um grupo de sexo. O grupo era conhecido como “Congresso do Bulimento” e era liderado por um garoto de 16 anos e outro de 13.

Os adolescentes matavam aula para ir aos encontros onde consumiam bebidas alcoólicas e faziam sexo. O grupo reunia aproximadamente 20 adolescentes com idades entre 11 e 16 anos.

Uma garota de 12 anos contou à Polícia que os encontros foram batizados de "Congresso do Bulimento" e que a gangue do adolescente era chamada de "Of the sexy".

Em entrevista ao Campo Grande News, o adolescente dono da casa no bairro Iracy Coelho confirmou que o local era usado como ponto de encontro para sexo. Relatos dos próprios garotos confirmaram que havia troca de casais entre eles.

Os pais também serão responsabilizados, e os donos de comércio da região que forneciam bebidas alcoólicas para eles.



Hj os pais nao tem mais direitos de educar seus filhos, mais tem responsabelidade sob eles é de rir manda o conselho tutelar fazer isso, é facil humilhar um pai pq bateu no filho é facil manda lo para cadeira faze lo responder processo, dificil é educar estas crianças com as regalias
 
ivanilde lopes em 13/09/2011 11:55:51
Carlos, se me permite dizer, virou jargão dizer que conselho tutelar impede a educação dos filhos por parte dos pais mas, na prática, creio que falta "pulso firme" na educação dos jovens. Controlar os filhos e educá-los é atribuição sim, dos pais e, o dia em que o judiciário começar a barrar esse dever dos pais de agir, já poderemos deixar de acreditar na justiça de uma vez por todas.
 
Erick Martinez em 13/09/2011 11:41:27
Certamente o promotor está correto, mas se todos cuidassemos mais de nosso filhos, indo a escola todos os meses e virificar a frequencia de aulas, os pais tem obrigação e o direito de verificar isso, muitos pais quando começarem a ter esta atitude terão uma surpresa, porque pensamos que nossos filhos não fazem este tipo de coisa, mas estamos errados, hj tudo é muito facil, não a necessidade de violencia, mas sim de uma boa educação rigida, é nossa obrigação saber todos os passos de nossos filhos.
 
João Guilherme em 13/09/2011 11:22:55
Pois bem não sou eu e nem nenhum outro cidadão desqualificado que vai julgar esses garotos pois num pais em que a corrupção está em primeiro lugar como o nosso vou deixar esse comentario aqui só por um motivo pois eu acho que quem deixou seu comentarios aqui não dever ter filhos (as).
É muito facil arrancar uma pena da galinha depois de morta, imagina vc no lugar desces pais imagina-se vc uma mãe solteira que sai da sua casa 5:40 minutos da manha da sua casa e só volta as 19:00 horas pra trazer o sustento para dentro de casa porque o conselho tutelar não vai pergunta se vc tem comida gás etc pra deixa pro seu filho mais bate nele pra vc ver ???
arruma um emprego pro seu filho e deixa o conselho descubri pra vc ver ???
então oque ta faltando é autoridades de mamando a caducando competentes o suficiente para assumir os cargos em que oculpam é muito facil ficar dentro de uma sala com ar condicionado e salarios alticimos lendo um monte de papel se dizendo ser o dr tal das quantas, porcaria nehuma eu quero ver se um colarinho branco faz a metade doque eu faço um mês sou folho de motorista camioneiro meu e minha mãe saiam na segunda e só voltava no sabado eu ficavam com minhas 2 irmãs mais velhas hoje formadas eu logo que comecei sai comecei a viver da noite em boates fiz um curso de dee-jay eu tinha 15 anos ja animava festa ganhava meu dinheiro mais nunca me envolvi com drogas ou coisas que não fosse me fazer bem hoje sou casado tenho uma filha e sou camioneiro amo oque faço ja coisas absurda por esse Brasil a fora e também ja vi muita coisa boa.
No meu modo de vista acho que esse promotor esta cometendo um erro pois uma coisa é vc cometer um erro outra coisa é vc matar roubar agora vc pega um garoto desce que comete uma infração grave dessa mas não na mesma intencidade que é matar e roubar e coloca junto com quem ja mato, roubo, cometeu todo tipo de crime barbaro oque vc acham que esse garoto vai virar analisam isso ?????????????
oque ta errado é o sistema
 
kleberson souza em 13/09/2011 11:09:46
É umas pena... mas, todos nós sabemos que não vai dar em nada!!!!O Promotor está correto, mas, DUVIDO, que a justiça condenará esses garotos!!! Acho também, que estamos combatendo o efeito e não a causa...PROFESSORES E PRINCIPALMENTE PAIS, deveriam ter mais autoridade sobre os filhos sem que isso melidrasse o estatuto da criança e do adolecednte. Que fique claro!!! ter mais autoridae não significa licença para espancar filhos!!!
 
João Carlos Fernandes Maciel em 13/09/2011 11:08:42
E os pais dos adolescentes que organizavam as orgias, onde estão?
Os pais são os responsáveis por essas atitudes de seus filhos, tais comportamentos tem origem na orientação e exemplo que recebem de casa.

Fui criado acostumado no trabalho desde os 11, 12 anos, escola de manhã, trabalhava a tarde e estudava a noite. Trabalhos em grupo raramente e só saía junto com meus pais, como diz o ditado, "aonde vai a corda, vai a caçamba". Nunca tive tempo para sacanagem quando era adolescente e hoje vejo os benefícios disto e louvo a Deus pela educação que recebi dos meus pais.

Os pais que irresponsávelmente criam e não educam seus filhos devem ser responsabilizados pela lei, deveriam também ser indiciados por negligência na educação dos filhos.

A sociedade e o judiciário deve agir no seio familiar, na raiz do problema, para amenizar os efeitos da banalização da sexualidade, da confusão que há entre liberdade e libertinagem.
 
Thiago Reis em 13/09/2011 11:06:45
Respeito a opinião do Edimar Dias Coelho, mais hoje em dia, os pais não podem fazer nada porque o conselho tutelar vem em cima.. E ai sera que os pais são responsaveis.
Quantos desses pais cansaram de falar com eles e eles nem ai. agora vai um pai desse dar uns tapa pra vc si conselho não vem em cima do pai ou da mãe. realmente é complicado.
 
carlos renato em 13/09/2011 10:57:15
Esta certo o promotor, esta situação não poderia passar em branco. Pois muitos jovéns estão de olho neste caso, mas em minha opinião teria que ser responsábilizado os pais, e o diretor da escola, pois o mesmo sabía e apoiava as danças na escola.
 
edmar dias coelho em 13/09/2011 09:41:50
Existem dois tipos de caos que assola o mundo!!! o de banalização da violência onde a vida não tem sentido e é ceifada da forma que ai esta e assistimos diáriamente pela mídia. Por outro lado a indústria do sexo que contrabandeando seres humanos aos quatro cantos do mundo, Que diferença faz esta orgia descoberta daquelas em que muiitos jovens se reunem em sedes de fazenda, motéis, alojamentos estudantis e balneários? A justiça continua tapando o dol com a peneira enquanto a questão é cultural maxista, forçada pela moda consumo alcool e falta de limites dos pais.
 
Daniel Rocha Costa em 13/09/2011 03:45:29
Muitos fatores ajudam para que esse tipo de coisa aconteça. Infelizmente o que mais se ve em novelas, programas de tv e principalmente músicas é o incentivo. Os pais tem sim sua parcela de culpa, PROÍBA. Mas estamos numa situação em que os pais não são mais pais. E a sociedade já esta se acostumando #fato. Resultado, isso ai como notícia, é lamentável.
 
Annelyse Lobo em 13/09/2011 01:00:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions