A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/02/2014 14:31

Proprietários de fábrica incendiada não sabem se seguradora cobrirá prejuízo

Aliny Mary Dias e Bruno Chaves
Bombeiros seguem no trabalho de rescaldo das chamas (Foto: Marcos Ermínio)Bombeiros seguem no trabalho de rescaldo das chamas (Foto: Marcos Ermínio)

Os donos da fábrica de piscinas Aqua New e o Corpo de Bombeiros estão reunidos para avaliar os prejuízos do incêndio que destruiu o estabelecimento no fim da manhã desta sexta-feira (14), na Avenida Redentor, no bairro Noroeste.

Ainda não há uma estimativa de prejuízos, mas o levantamento está sendo feito porque além da estrutura é preciso contabilizar os materiais destruídos. Piscinas prontas, tobogãs, caixas d’água e materiais para a fabricação foram consumidos pelas chamas.

O capitão do Corpo de Bombeiros, Rafael Venâncio, afirma que a informação repassada pelos proprietários é que a empresa possui seguro, no entanto o contrato estava em processo de renovação. Os donos já entraram em contato com a seguradora para avaliar se os prejuízos serão cobertos.

As chamas que começaram por volta do meio dia já foram controladas e agora os militares trabalham no rescaldo do incêndio. Uma garoa fina cai na região e isso pode auxiliar os militares no combate, já que todo o teto da empresa foi consumido.

Dona de loja ainda não estimou prejuízo (Foto: Paulo Francis)Dona de loja ainda não estimou prejuízo (Foto: Paulo Francis)

Chamas - Não há registro de feridos e as chamas causaram congestionamento na região, já que os bombeiros precisaram isolar a área em razão da fumaça tóxica. Ao todo, 15 viaturas e 37 militares foram empenhados. Alunos da academia dos bombeiros também foram levados para ajudar nos trabalhos.

Conforme a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul), a rede elétrica do local foi desligada para evitar possíveis acidentes. A pedido do Corpo de Bombeiros, uma equipe da concessionária permanece no local.

A proprietária da loja, Dirce Maria Bernardes, 50 anos, informou que todos os equipamentos estavam desligados quando as pessoas perceberam o incêndio. “Todos os funcionários estavam em horário de almoço. Ninguém ficou ferido. Todos os dias, fielmente, eles desligam todos os equipamentos. Um funcionário viu um fio de alta tensão pegando fogo, acho teria começado o incêndio aí”, disse.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions