A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/03/2014 17:39

Próximo a circo, palhaços improvisam "pedágio" para ganhar dinheiro

Filipe Prado
Os palhaços param os carros para vender brinquedos e pedir dinheiro para os motoristas (Foto: Marcos Ermínio)Os palhaços param os carros para vender brinquedos e pedir dinheiro para os motoristas (Foto: Marcos Ermínio)

No Altos da Avenida Afonso Pena, palhaços "folgados" vendem brinquedos, tumultuam trânsito e são agressivos com motoristas que passam próximo ao circo Tihany. Vários campo-grandenses reclamaram da atitude dos palhaços, que quase chegaram a entrar nos carros para conseguir dinheiro.

Segundo um motorista, que não quis se identificar, os palhaços começaram a trabalhar ontem (27) na avenida e tumultuaram o trânsito. “Eu parei e fiquei observando os palhaços se jogarem em frente aos carros, para que eles parassem, então vendiam bonecos e pediam dinheiro”, contou.

Ele alegou que os palhaços são violentos com que se recusam a dar dinheiro a eles. “Eles forçam as pessoas a darem dinheiro para eles”, completou.

Os palhaços já maltrataram algumas pessoas que passaram pelo local, como a doméstica Camila de Moraes Duarte, 30 anos. “Eu parei, pois tinham três carros na minha frente, então um veio me pedir dinheiro, mas eu já estava saindo, com isso ele puxou minha blusa. Eu quase caio da moto”, relatou.

A doméstica disse que não aprovou a atitude dos palhaços e que eles atormentam os motoristas. “Eles ficam falando muitos palavrões, importunam as pessoas. E são bem violentos com que não dá dinheiro para eles”, contou Camila.

Para o autônomo Jorge Gomes da Silva, 45, o maior medo é que aconteça algum acidente, por conta dos palhaços. “Eles param as pessoas, que ficam em fila dupla. Então eles começam a buzinar e ficam nervosos. Aqui é uma via rápida, por isso acho que é perigoso”, comentou.

“Eu já tinha ouvido falar sobre eles, mas eu não acreditei quando eu vi”, completou Camila. A doméstica relatou que um dos palhaços não quis aceitar moedas de uma motorista, somente cédulas e ainda colocou o braço dentro do carro, como se tentasse pegar o dinheiro.

Mas os palhaços afirmaram que tratam bem os motoristas e fazem um serviço gratuito para o circo. “Nós acompanhamos o circo há 10 anos e nunca tivemos problemas. A maioria das pessoas conversa com a gente, para saber os horários e preços do espetáculo”, contou o palhaço Marcelo Rodriguez, 27.

Circo – Conforme a assessoria de imprensa do circo Tihany, os palhaços não fazem parte do elenco do espetáculo e somente os acompanham. Eles explicaram que nenhum artista do Tihany realiza apresentações nas ruas e não pedem dinheiro.

Os motoristas são obrigados a pararem em fila dupla (Foto: Marcos Ermínio)Os motoristas são obrigados a pararem em fila dupla (Foto: Marcos Ermínio)
Os palhaços folgados atormentam os motoristas (Foto: Marcos Ermínio)Os palhaços "folgados" atormentam os motoristas (Foto: Marcos Ermínio)
De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions