A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/02/2015 08:56

Quadrilha é presa após fazer refém, roubar F-350 e trocar tiros com a PM

Renan Nucci e Filipe Prado
Grupo foi autuado por participar de roubo de camionete. (Foto: Divulgação/Choque)Grupo foi autuado por participar de roubo de camionete. (Foto: Divulgação/Choque)
Veículo foi recuperado pelos policiais. (Foto: Divulgação/Choque)Veículo foi recuperado pelos policiais. (Foto: Divulgação/Choque)

O Batalhão de Choque da Polícia Militar prendeu na noite de ontem (01), em Campo Grande, a quadrilha que roubou a camionete de um homem de 60 anos e o manteve em cativeiro por cerca de quatro horas. Durante a ação houve perseguição e troca de tiros, mas ninguém se feriu. Mais pessoas podem estar envolvidas.

De acordo com o Choque, tudo teve início às 18h30, perto de um supermercado no cruzamento da Avenida Fernando Corrêa da Costa com a Rua 14 de Julho, no Centro. Cláudio Fernandes de Souza Júnior, 20 anos, e Leandro de Souza Gomes, 31 anos, se aproximaram da vítima e anunciaram o assalto.

Armados com pistola, eles assumiram a direção da Ford F-350 e levaram o homem para um cativeiro no Jardim Noroeste. A polícia foi acionada por testemunhas e passou a realizar rondas nas saídas da Capital. Por volta das 22h30, no macroanel da BR-163, nas Moreninhas, os policiais avistaram os bandidos na camionete tentando fugir para o Paraguai, onde venderiam o utilitário. Teve início perseguição.

Houve troca de tiros e o Choque furou um dos pneus do veículo que saiu da pista e parou. Cláudio foi preso na hora, mas Leandro conseguiu fugir. Em entrevista, os policiais descobriram que a vítima havia sido deixada nas proximidades de um campus universitário, entre as saídas para Três Lagoas e Cuiabá. Lá, o homem de 60 anos foi resgatado e, na mesma região, Leandro foi encontrado e preso.

Dando continuidade às diligências a equipe se deslocou até uma casa no Jardim Noroeste, onde era o cativeiro. No local foram flagrados Jackson Pereira Cavalcante, 49 anos, e Jonas Alves de Olveira, 35 anos. A polícia suspeita que a residência também foi usada para abrigar a vítima de roubo de outra camionete, há três dias. Os quatro envolvidos foram levados para a delegacia. As autoridades continuam as buscas, pois existe a possibilidade de que mais criminosos tenham participado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions