A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/01/2015 09:03

Assaltante baleado por policial do Choque segue na UTI após oito dias

Renan Nucci
Imagem mostra local onde Danilo foi baleado ao assaltar uma mercearia na semana passada. (Foto: Filipe Prado)Imagem mostra local onde Danilo foi baleado ao assaltar uma mercearia na semana passada. (Foto: Filipe Prado)

Baleado ao assaltar uma casa de carnes e mercearia na noite do último dia 14, no Bairro Guanandi, Danilo Barbosa Nunes, 18 anos, está internado em estado grave na Santa Casa de Campo Grande. O rapaz foi operado, mas segue na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O crime aconteceu por volta das 20h30. Danilo e o comparsa, foragido, chegaram de moto. Ele anunciou o roubo e rendeu as vítimas, enquanto o outro pegou R$ 500 do caixa. Durante a fuga, a dupla se deparou com um policial militar do Batalhão de Choque, de 35 anos, que estava de folga e passava pelo local.

Danilo recebeu voz de prisão, mas não obedeceu e apontou a arma na direção do policial que, por segurança, revidou. O jovem foi atingido, sendo socorrido até o posto de saúde do Guanandi e em seguida transferido para a Santa Casa, onde foi submetido a cirurgia às 22h30. O outro assaltante já foi identificado, mas encontra-se foragido.

Morto - Apesar do estado de saúde delicado, Danilo teve melhor sorte do que Paulo Henrique Benites, vulgo Perereca, de 25 anos, morto em confronto com a polícia durante assalto a padaria no Jardim Panamá, no mesmo dia. Perereca foi surpreendido pela Força Tática e, ao sacar uma arma contra os policiais, foi baleado e morreu enquanto recebia atendimento médico.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions