A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/03/2015 10:39

Quadrilha presa em confronto com morte tinha nove integrantes

Filipe Prado
Laura, Vilson, Samuel, Jairo, Vagner, Alan, Vinicius e Rafael foram presos por tráfico de drogas (Foto: Marcelo Calazans)Laura, Vilson, Samuel, Jairo, Vagner, Alan, Vinicius e Rafael foram presos por tráfico de drogas (Foto: Marcelo Calazans)

A Denar (Delegacia Especializada de Repreensão ao Narcotráfico) prendeu oito pessoas acusadas de vender e comprar drogas em Campo Grande e no interior de São Paulo. Um dos envolvidos, Marcelo Aparecido da Silva, 38 anos, foi morto na madrugada de ontem (12) pela polícia, após fugir, quase causar um acidente de trânsito e tentar esfaquear um policial.

O delegado da Denar, Rodrigo Yassaka, explicou que há três meses a polícia investiga Jairo Barbosa Pache, 43, acusado de comandar uma quadrilha de tráfico de drogas em Campo Grande. Ele utilizava uma chácara, no Assentamento Estrela, na saída para Três Lagoas, pertencente a Vilson Figueiredo, 30, para guardar a droga. O proprietário do local também foi preso.

A polícia foi informada que Jairo iria entregar 100 quilos de maconha para dois homens de Araçatuba (SP), identificados como Vinicius Renan de Almeida Manoel, 20, e Rafael Marcondes Abreu, 25, em um local na saída para Três Lagoas. Dois campo grandenses, Alan Gavira Wong, 25, e Vagner Silva França, 34, que distribuiriam cerca de 1 a 2 kg de maconha para bocas de fumo da região, também foram presos no local.

Foram três meses de investigação, de acordo com o delegado Rodrigo Yassaka (Foto: Marcelo Calazans)Foram três meses de investigação, de acordo com o delegado Rodrigo Yassaka (Foto: Marcelo Calazans)

Os polciais deram ordem de parada, sendo que os paulistas, que trafegavam em um VW Gol azul, pararam, porém Marcelo fugiu do local em um veículo Kadett. Houve perseguição policial e, para deter a fuga, os militares atiraram contra os pneus do carro, atingindo três, mesmo assim o traficante conseguiu escapar.

Marcelo se escondeu na sede de uma empresa. A polícia entrou no local, com isso o traficante se armou com uma barra de ferro e uma faca. Ele atirou um dos objetos contra um dos policiais e tentou esfaqueá-lo, mas os militares reagiram e o atingiram com dois tiros de arma de fogo.

Samuel Barbosa Tavares, 30 anos, foi preso acusado de mediar as vendas de drogas em Campo Grande. A esposa de Jairo, Laura Vicunha Jesus Tavares, 35, afirmou que não estava envolvida no caso, porém, de acordo com o delegado, sabia do esquema, já que conhecia o marido desde a época que ele foi preso pelo mesmo crime.

Jairo possui duas passagens pela polícia por tráfico de drogas. Marcelo mediava as vendas de drogas com compradores paulistas.

Foram apreendidos 380 kg de maconha na chácara, além de R$ 1,5 mil, uma balança e aparelhos celulares.

Jair é acusado de comandar a quadrilha (Foto: Marcelo Calazans)Jair é acusado de comandar a quadrilha (Foto: Marcelo Calazans)
Foram apreendidos 380 kg de maconha, R$ 1,5 mil e celulares (Foto: Marcelo Calazans)Foram apreendidos 380 kg de maconha, R$ 1,5 mil e celulares (Foto: Marcelo Calazans)
Traficante paulista foi baleado e morto pela polícia em perseguição
O corpo do traficante Marcelo Aparecido da Silva, 38 anos, morto pela polícia na madrugada de hoje (12), ainda não foi identificado pelos familiares,...
Traficante é baleado pela polícia e morre durante perseguição na Capital
Um homem, de 38 anos, suspeito de tráfico de drogas, foi morto pela polícia na madrugada desta quinta-feira (12). Segundo o titular da Denar (Delegac...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions