A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/07/2015 19:33

Queda na temperatura aumenta riscos, mas casos de gripe se mantém estáveis

Michel Faustino

As mudanças bruscas na temperatura ocasionadas pela chegada do inverno podem representar riscos e influenciar diretamente na aparição de doenças respiratórias, no entanto, depois de um aumento significativo, os casos de gripe A influenza não registraram crescimento e se mantiveram estáveis na Capital.

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) 114 casos foram registrados até agora, um aumento de apenas três casos em relação aos números divulgados na semana passada. A maior incidência ainda é subtipo H3N2.

Conforme a Secretaria, não houve novos registros de óbitos, além dos dois casos provocados pelo vírus H3N2. No Estado, outros nove óbitos foram registrados, sendo três na cidade de Anastácio, e cinco em Ponta Porã.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde do município, Marcia Ferrairo Janini Dal Fabbro, Campo Grande não corre risco de epidemia, no entanto, é preciso que a população fique fique atenta, pois nesta época do ano aumentam os riscos de transmissão do vírus.

“A pessoas precisam redobram os cuidados, principalmente com a higiene. Evitar de colocar a mão suja na boca, principalmente após sair de lugares muito movimentado, como ônibus por exemplo. E também se estiver com os sintomas da gripe, procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima e evite o contato com outras pessoas”, finalizou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions