ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Rapaz é preso por matar dono de conveniência e diz que usou arma artesanal

Crime foi há 2 meses no bairro Zé Pereira após discussão envolvendo preço da cerveja, mas só agora saiu a prisão preventiva

Por Nyelder Rodrigues | 20/11/2020 16:51
Local onde crime aconteceu ficou com várias marcas de sangue (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Local onde crime aconteceu ficou com várias marcas de sangue (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Foi preso nesta sexta-feira (20) em Campo Grande o assassino confesso de Eudes Fonseca Vieira, de 54 anos, em crime ocorrido há dois meses, na madrugada de 21 de setembro, no bairro Zé Pereira - localizado na região oeste da Capital. O autor se apresentou à polícia após ter a prisão decretada.

De acordo com o delegado da 7ª DP (Delegacia de Polícia Civil), Bruno Urban, a arma de fogo usada no crime era artesanal e, segundo ele, foi buscada em casa após discussão com a vítima, que o teria agredido antes por causa do preço da cerveja.

O autor do homicídio tem 20 anos e, conforme apurado pela reportagem na época do crime, se chama Luiz Henrique. A divulgação oficial de seu nome pela Polícia Civil não ocorreu em observação à Lei de Abuso de Autoridade.

O crime - Eudes foi encontrado já morto e com uma marca de tiro no ombro esquerdo. assim que amanheceu, dentro da conveniência que era dono, na rua Eugênio Peron. Segundo uma testemunhas, Luiz tinha só R$ 30 e queria levar uma caixa de cerveja mais cara.

Localizado no dia seguinte pela polícia, no Bairro Tiradentes, Luiz Henrique foi levado para depoimento na 7ª DP. Como já havia passado o flagrante, ele foi liberado. Contudo, agora com prisão decretada, ele se apresentou na delegacia.

Já segundo o advogado do assassino confesso, Reinaldo dos Santos Monteiro, existem situações como uma briga antes da vítima ser morta, criando uma rixa entre os dois. Após atirar contra o comerciante, Luiz jogou a arma em um terreno próximo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário