A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/06/2012 09:34

Rapaz morto pela PM ameaçou família por horas até polícia ser chamada

Francisco Júnior

Antes de ser morto por policiais militares, Tiago Ferreira Santos, 24 anos, causou terror a familiares por várias horas nesta quinta-feira. Ele espancou a própria mãe e ameaçou atar fogo na casa dela.

De acordo com o delegacia da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, Ivair Luiz de Campos, o rapaz esteve na casa da mãe por volta das 16 horas. Lá, espancou a mulher e o irmão, além de ameaçar os dois com uma arma.

Ele deixou o local e por volta das 18h30, esteve na casa de outro irmão, também no bairro Portal Caiobá. Lá, armado, tornou a provocar confusão e os familiares chamaram a Polícia.

Tiago deixou a casa e foi para casa de uma amiga, na rua Gaia, onde funciona uma conveniência. Em diligência pelo bairro, por volta das 21 horas, os policiais receberam uma informação sobre o paradeiro do rapaz.

Os PMs encontraram Tiago escondido atrás de uma sapateira e deram ordem para ele se entregar. Porém, o rapaz, ao sair do esconderijo, estava armado e apontou a para os policiais.

Um dos PMs atirou e acabou atingindo Tiago, que ainda chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital Regional.

Conforme o delegado, o rapaz tinha uma extensa ficha criminal. Ele já foi preso pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio, ameaça, porte ilegal de arma.



Este é o único caminho dos valentoes, bate na mãe, irmão e ainda aponta arma pra PM, tem que morrer, pela longa ficha policial boa coisa não é e não ia ser. Q Deus conforte a mãe e agora eles tenham paz.
 
Adauto correa l jr em 15/06/2012 11:11:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions