A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/12/2014 16:19

Rapaz reclama de agressão em abordagem da Guarda Municipal

Caroline Maldonado

Um rapaz de 18 anos procurou da polícia neste domingo (7) para reclamar de abuso de autoridade por parte de guardas municipais, em abordagem durante a madrugada. Ele contou que caminhava próximo a sua casa com o primo e o irmão, quando um deles foi abordado a 1h40. 

O rapaz, que levou o caso à polícia, alega que esperou o primo que estava sendo revistado, quando um dos guardas peguntou se ele havia perdido algo ali para estar olhando. Então, ele disse que esperava pelos primo e também foi chamado a se aproximar da viatura e foi empurrado por um guarda e o outro lhe deum um tapa no rosto.

Após as agressões, na versão do rapaz, o primo e o irmão foram liberados e ele ainda ficou sendo revistado. Ambos disseram que só iriam embora juntos e com isso os integrantes da equipe da guarda os mandaram embora e ameaçaram dizendo que se o caso fosse levado a polícia ficaria mal para eles, relatou o jovem, conforme conta no boletim de ocorrência.

Com o registro na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, a polícia encaminhou a vítima para exame de corpo de delito e investiga o caso.

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


Eu sou da seguinte opinião, eles ( Gd Mun.) acham que são policiais, estão abusando e podem se dar mal...
 
Lucatop em 07/12/2014 21:45:46
Vai aqui um conselho aos moradores da Cidade de Deus: não se rendam aos “Guardas do Olarte”, não deixe de protestar por melhoria para seus filhos... Não aceitem a remoção para aquele terreno ao lado do presídio, lembre-se, nem a própria PM apoiará a Guarda Municipal sem uma ordem judicial.
 
TOYOSHI SATO em 07/12/2014 18:42:33
Parabenizo este cidadão por esta atitude, não queremos mais polícia truculenta nas ruas, mesmo sabendo que Guarda Municipal não é Polícia. Rogo ao Ministério Público que acorde diante desses paus mandados do prefeito. Olhem o que estão fazendo: impedindo o direito das pessoas de protestar, desocupando áreas sem ordens judiciais etc.
Gostaria de saber por que o Ministério Público aceita isso passivamente.
 
TOYOSHI SATO em 07/12/2014 18:36:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions