A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

20/03/2015 09:28

Representante da ONU se reúne com Rose Modesto para avaliar indicadores sociais

Liana Feitosa
Dados apresentados na reunião são uma compilação de estatísticas oficiais como as disponibilizadas pelo IBGE. (Foto: Leca / Divulgação Sedhast)Dados apresentados na reunião são uma compilação de estatísticas oficiais como as disponibilizadas pelo IBGE. (Foto: Leca / Divulgação Sedhast)

A oficial do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) no Brasil, Ieva Lazareviciute, se reuniu em Campo Grande com a vice-governadora do Estado, Rose Modesto, também titular da Sedhast (Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), para entregar documentos com indicadores de Mato Grosso do Sul relacionados aos ODMs (Objetivos de Desenvolvimento do Milênio).

Os oito ODMs foram estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) no ano 2000 para fortalecer o combate à extrema pobreza e outros males da sociedade. No Brasil, o foco é atingir, até o final de 2015, metas que englobam o combate aos maiores problemas mundiais.

Apoio - Na reunião, ocorrida na tarde desta quinta-feira (19), a oficial Ieva Lazareviciute, do PNUD, buscou junto à vice-governadora apoio da administração estadual.

“O Governo de Mato Grosso do Sul tem compromisso sério com o cumprimento de metas envolvendo as questões sociais e de desenvolvimento humano. Já estamos realizando e vamos aprimorar ainda mais para que essas políticas públicas cumpram de fato seu papel principal em conjunto com todas as esferas da sociedade”, disse Rose Modesto.

Também participaram do encontro a subsecretária da População Indígena, Silvana Dias, e o subsecretário de Igualdade Racial e Cidadania, Carlos Versoza, que ocupam pastas no governo estadual que busca atendimento mais especifico a essas comunidades, focados em políticas públicas voltadas, inclusive, para mulheres, índios, negros, juventude e infância.

Dados - Marcos Silva, secretário executivo dos ODMs em Mato Grosso do Sul, explica que os dados apresentados na reunião são uma compilação de estatísticas oficiais como as disponibilizadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). “Os indicadores entregues hoje à vice-governadora contemplam dados relativos ao Estado que com o apoio governamental podem resultar no cumprimento das metas do milênio”, explicou Silva.

Segundo o secretário executivo, está programada para este ano uma reunião geral em Nova Iorque (EUA) para realização de um balanço das metas atingidas e uma repactualização.

Já o secretário estadual de comunicação adjunto, Jonhnes Carvalho, explica que a divulgação dos oitos objetivos em Mato Grosso do Sul tem a meta de mostrar à população como colaborar com ações em prol da comunidade, no trabalho ou até mesmo em casa. "Os ODMs servem como guia para que, com a união da sociedade civil, empresas e governantes, todos comecem a, literalmente, transformar o mundo", compartilha.

Os objetivos - 1. Reduzir pela metade o número de pessoas que vivem na miséria e passam fome; 2. Educação básica de qualidade para todos; 3. Igualdade entre os sexos e mais autonomia para as mulheres; 4. Redução da mortalidade infantil; 5. Melhoria da saúde materna; 6. Combate a epidemias e doenças; 7. Garantia da sustentabilidade ambiental; 8. Estabelecer parcerias mundiais para o desenvolvimento.

Os indicadores podem ser acessados on-line, por meio do seguinte endereço: http://www.relatoriosdinamicos.com.br/portalodm/perfil/BRA005050/mato-grosso-do-sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions