A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/01/2015 14:41

Retomada de obra do PAC depende da desapropriação de 100 imóveis

Edivaldo Bitencourt
Nova avenida só será concluída após desapropriações (Foto: Arquivo)Nova avenida só será concluída após desapropriações (Foto: Arquivo)

A retomada da obra de revitalização das margens do Córrego Bálsamo e construção de avenida marginal, entre o Bairro Roselândia e o anel rodoviário, depende da desapropriação de 100 imóveis. A Prefeitura Municipal de Campo Grande estima gastar aproximadamente R$ 3 milhões no pagamento de indenizações.

Ontem, o prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), determinou prioridade na conclusão do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Bálsamo, orçado em R$ 64 milhões. A obra teve início na gestão de Nelsinho Trad (PMDB) e está emperrada por vários problemas. No entanto, o principal entrave é a necessidade de desapropriação.

A retomada dos processos será feita pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e pela Procuradoria Geral do Município.

Entre as avenidas Guaicurus e Gury Marques, segundo a assessoria do município, 79 imóveis devem ser desapropriados. Outros 21 ficam entre a Avenida Gury Marques e o anel rodoviário.

A primeira fase, entre o anel rodoviário e a Avenida Três Barras, já está concluído. A Prefeitura contabiliza R$ 39 milhões, dos quais R$ 24 milhões já foram gastos na obra. Os R$ 15 milhões serão aplicados na conclusão da obra.

A remoção de 21 famílias, que também ficam no trajeto da nova avenida, será feita para o Conjunto Residencial José Maksoud, nas Moreninhas. Os lotes estão avaliados em R$ 800 mil.

“É um projeto importante para o sistema viário da cidade, abrindo alternativas para desafogar o trânsito da Avenida Gury Marques e da Guaicurus”, destacou Olarte, durante visita à obra junto com os secretários municipais de Governo, Rodrigo Pimentel, de Infraestrutura, Valtermir Alves Brito, e de Planejamento, André Scaff.

ALL libera e prefeitura promete retomar obra do Bálsamo em 30 dias
A ALL (América Latina Logística) liberou a substituição de galeria sob a linha férrea e a Prefeitura de Campo Grande pretende retomar, em 30 dias, as...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...


E o Rodoanel da saída de Rochedo até a saída de Cuiabá que também está parado, ninguém fala nada.
 
wild em 16/01/2015 08:29:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions