A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/06/2013 20:55

Saúde, tarifa e políticos lideram preferência em cartazes de protesto

Aline dos Santos
Paródia de hit de Michel Teló critica saúde. (Foto: Marcos Ermínio)Paródia de hit de Michel Teló critica saúde. (Foto: Marcos Ermínio)

Com uma ideia na cabeça e um cartaz na mão, a manifestação, com estimativas que vão de 25 mil a 40 mil pessoas em Campo Grande, não poupou críticas. Tudo virou motivo de protesto: tarifa do ônibus, saúde, licitações, café da manhã da Câmara Municipal e até a falta de bibliotecas.

Letras de músicas foram trazidas para a rua na versão original, como “Somos filho da revolução”, trecho de canção do Legião Urbana, e em versões especiais. “Nossa, Nossa. Assim você me mata hospital do Câncer”, dizia um dos cartazes, parodiando o sucesso de Michel Teló.

“HU cadê o seu recurso! Porque seu pronto de socorro é um caos. Mais saúde, menos corrupção”, estampava outra cartolina. O Hospital do Câncer e o Hospital Universitário foram alvos da operação Sangue Frio, que revelou irregularidades no tratamento contra o câncer em Campo Grande.

“Adalberto Siufi e Carlos Dorsa vão ser presos?”, perguntava outro manifestante. Os dois eram diretores das unidades hospitalares investigadas.

Os políticos também fizeram sucesso entre os manifestantes. Questionamentos quanto ao café da manhã, na Câmara Municipal, cujo contrato, válido até ontem, era de R$ 76 mil mereceu diversos cartazes. Também foram vários os pedidos para que cesse a corrupção e que o cargo de vereador seja voluntário.

A tarifa do transporte coletivo, reduzida pela Prefeitura em R$ 0,10 horas antes da manifestação, foi alvo de críticas. “2,75 é caro para quem ganha salário mínimo”. Também renderam protestos o preço da gasolina, a PEC 37, que dá monopólio da investigação criminal para a Polícia, a revitalização da antiga rodoviária e a atuação da imprensa.

Outras manifestações foram mais pessoais: “Pelo futuro do Caíque e Cauê que nasceram hoje”, dizia, em cartaz, um manifestante.




"...Raul Seixas com a cabeça cheia de “baseado” saiu com essa pérola: "...prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo..." O que está acontecendo no Brasil? Cara, nem os mais "astuto" dos especialistas políticos ou analistas sociais conseguem dar uma avaliação acabada - por que foi estilhaço de pólvora tão grande que a Presidente Dilma está lá soltando palavrões entre os seus apaniguados. PQP prá-lá-e-prá cá...! Sua performance caiu tanto, a copa 2014 corre riscos, a situação ganhou mídia internacional e o apoio popular nos continentes pipocaram a favor do MOVIMENTO..Um fenômeno!" (Eu fui)
 
Prof. Jânio Batista de Macedo em 21/06/2013 08:52:10
Vereador teria que ganhar no máximo 3,000,00, o que esse elementos fazem!!

cafezinho da manhã, ao ano 76.000,00 isso sai do meu bolso do vosso que paga os impostos em dia.......vai trabalhar cambada de ....
 
Valter Vieira Alves em 20/06/2013 22:56:26
Vamos torcer para que estas manifestações conscientizem mesmos os nossos governantes e que não aproveitem o momento para irem em tv's, rádio e outros meios de comunicação para dizer que são os pais da criança. Pois estamos cansamos de bla´-blá - blá de gente aproveitadora que só aparecem na hora de eleição e depois???
Depois tomam cafezinho e fazem lanche de graça na nossa custa e ainda se dizem preocupadas com o povo. H I P Ó C R I T A S!!!
 
Felicio da Silva Ludgero em 20/06/2013 22:13:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions