ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEXTA  04    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Semana Santa será sem encenações da Paixão de Cristo

Previsão é transmitir cerimônia da Paixão pelas redes sociais

Por Tainá Jara | 08/04/2020 17:55
Encenação da Paixão de Cristo é um dos momento mais esperado por fiéis (Foto: Arquivo/CGNews)
Encenação da Paixão de Cristo é um dos momento mais esperado por fiéis (Foto: Arquivo/CGNews)

Nas ruas, acompanhadas de centenas de fiéis, ou mesmo nos pequenos altares das igrejas, as tradicionais encenações da Paixão de Cristo, momento mais emblemático das celebrações da Semana Santa, não serão realizadas em 2020 nas igrejas de Campo Grande. O motivo é a suspensão das cerimônias presenciais evitando aglomerações e consequentemente as chances de disseminação do novo coronavírus.

De acordo com o arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, devido à quarentena e à decisão do Tribunal de Justiça, as igrejas mantêm as orientações de celebrar a portas fechadas, com transmissão pelas redes sociais ou pela TV Imaculada.

Com uma semana de programação prevista de celebrações pela paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo, os católicos terão de realizar as homenagens de forma mais contida. “No domingo, existe a sugestão de sairmos às ruas com um carro andor e o Santíssimo Sacramento, para a bênção das pessoas, famílias e casas”, afirmou Dom Dimas.

Ato na comunidade São Pedro e São Paulo, em 2019. (Foto: Paulo Francis)
Ato na comunidade São Pedro e São Paulo, em 2019. (Foto: Paulo Francis)

A Paixão de Cristo, tradicionalmente celebrada na sexta-feira, dia 10 de abril, é um dos momentos mais esperados pelos fiéis na Semana Santa. A celebração religiosa se inicia no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus, que ocorre no domingo de Páscoa.

Neste ano, a previsão é transmitir pelas redes sociais a cerimônia da Paixão, às 15h00, da próxima sexta-feira. Missas e novenas também estão sendo transmitidas de forma online.

No último domingo, as celebrações do chamado Domingo de Ramos foram feitas sem os fiéis saírem de casa ou se reunirem em missa, onde normalmente se leva um ramo para ser abençoado durante a cerimônia. Muitos fizeram uma corrente via internet e estão colocando as plantas na porta das casas.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário