A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/04/2016 11:25

Servidores chegam na Prefeitura da Capital e pedem diálogo sobre reajuste

Pelo menos 200 trabalhadores chamaram pelo prefeito

Mayara Bueno e Antonio Marques
Servidores chegaram há pouco na Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Antonio Marques)Servidores chegaram há pouco na Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Antonio Marques)

Os servidores administrativos da educação do município estão na Prefeitura de Campo Grande e se comprometem a ficar por lá em forma de protesto e na tentativa de abrir negociação sobre o reajuste salarial. Os trabalhadores chegaram por volta das 10h40 gritando para que o prefeito Alcides Bernal (PP) desça para falar com eles.

Pelo menos 200 pessoas estão no Paço Municipal. Eles pedem aumento linear não escalonado de 11,6%, bolsa alimentação no valor de R$ 400 (atualmente é R$ 190) e insalubridade para algumas categorias – como cozinheiras – de 20%. Antes de chegar na Prefeitura, os servidores estavam no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Bahia. Por enquanto, ninguém do Executivo Municipal desceu para conversar com a categoria.

Na quinta-feira (31), o prefeito apresentou proposta de reajuste de 9,57%, mas parte dos servidores não aceitou. A ideia é que as categorias 1 a 7 recebam o reajuste integral em maio. Já para as categorias 8 a 10, o reajuste vem em duas parcelas: 5,57% em maio e o restante em dezembro. A divisão também foi adotada para quem faz parte das categorias 11 ao 16, com 3,57% em maio e a diferença em dezembro.

Os valores pedidos agora foram discutidos e reduzidos. Anteriormente, os servidores exigiam 25% de reajuste, 150% de aumento da bolsa alimentação (que passou para 112%). “Queremos negociar com o Executivo, por isso baixamos todos os índices”, disse o presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais de Campo Grande), Marcos Tabosa.

Há 26 anos no serviço público, Otacília Oliveira de Souza, 61 anos, está prestes a se aposentar, mas espera que a categoria consiga o aumento esperado.

Os servidores administrativos da educação municipal caminharam até a prefeitura para cobrar resposta do prefeito à contraproposta da categoria (Foto: Antonio Marques)Os servidores administrativos da educação municipal caminharam até a prefeitura para cobrar resposta do prefeito à contraproposta da categoria (Foto: Antonio Marques)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions