A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/06/2012 13:02

Duas pessoas morreram por gripe suína na Capital, confirma Saúde

Viviane Oliveira

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) confirmou a morte de duas pessoas, em Campo Grande, vítimas do vírus da gripe A - H1N1- popularmente conhecida como gripe suína.

Segundo a coordenadora de vigilância epidemiológica da Sesau, Erci Hirota, já são 29 casos de gripe A notificados no município. Destes, sete foram confirmados e o restante ainda aguarda resultado dos laudos. Apesar dos casos confirmados, a coordenadora não divulgou os nomes.

A reportagem do Campo Grande News apurou que um dos casos que foi comprovado é de André dos Santos Frois, de 27 anos, que morreu na tarde da última segunda-feira (11) na Santa Casa.

De acordo com Oséias dos Santos Frois, irmão da vítima, André foi internado no dia 16 de maio com febre alta, tosse, fraqueza e boca seca.

Conforme Oséias, antes de ser internado na Santa Casa, André foi medicado, com antibióticos em postos de saúde. Sem sucesso e o caso se agravando, a vítima foi submetida a uma bateria de exames em uma clínica particular. “Foi quando o médico pediu para a gente procurar com urgência a Santa Casa”, relata.

Segundo Oséias, no começo o caso era tratado como pneumonia. Depois de 10 dias internado foi constatado, por exames, que ele estava com gripe A.

Suspeita - Está sendo investigada a morte de um jovem, também de 27 anos, que morreu no último domingo (10) na Santa Casa. Carlos Roberto Ramires foi internado no dia 27 de maio com tosse, gripe forte e febre alta.

De acordo com a tia da vítima, Ione dos Santos de Souza, de 49 anos, apesar dos médicos suspeitarem de pneumonia o caso foi tratado desde o começo como H1N1.

“No primeiro exame feito aqui em Campo Grande deu negativo. Os médicos fizeram outro e mandaram para São Paulo”, conta.

Ione disse que o resultado ainda não chegou, mas a família, por determinação médica, foi vacinada contra o vírus da gripe. “Ainda não saiu a certidão de óbito com as causas da morte”, finaliza.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


se as metas das vacinas não foram atingidas,então porque não abrir a toda população que querem ser vacinadas,pois particular é caro e eu acho que é dever do governo proteger a população,ou estão esperando mais gente MORRER..
 
solange obara em 14/06/2012 09:35:58
Começou a morrer as pessoas com a gripe H1N1, será que vão esperar morrer varios para liberar a VACINA para totos . Secretaria da Saúde vai esperar morrer bastante, ou vai liberar as vacinas para todos. URGENCIA Secretaria da Saude, não o deixe virar EPDEMIA.
 
Ivonete Alves em 14/06/2012 09:22:10
PERDEMOS UM GRANDE IRMAO DE FÉ, MUITAS SAUDADES DE VC COMPANHEIRO, TEMOS A CERTEZA DE ESTAR AGORA JUNTO DE DEUS EM SUA GLORIA, CONTINUAMOS EM ORAÇAO PEDINDO A DEUS QUE CONFORTE SUA ESPOSA MARINES, SEU PAI MILTOM, SUA MAE MARILU E SEUS IRMAOS KELLY E OSÉIAS, SAUDADESSSSS.... FIQUE EM PAZ AMIGO
 
LUCIANA ZIBORDI em 13/06/2012 06:44:01
Tem que vacinar toda a população do município, indo de casa em casa, nas empresas e nos locais de maior circulação, antes que mais famílias venham a sofrer.
 
Janaê Pereira em 13/06/2012 06:18:48
Talvez nao haveria tido as mortes acima, se a sesau disponibilizasse as vacinas para toda a população, sem burocracia. As vacinas sao disponibilizadas apenas para criancas de ate 02 anos de idade e idosos. Ou seja, a população que tem idade entre 03 e 59 anos esta totalmente desprotegida.
 
Vanessa Francini de Almeida em 13/06/2012 04:31:16
Estamos com muitos casos confirmados de grip A e tambem de meningite. Temos que ficarmos atentos aos primeiros sintomas para que essas doencas nao sejam confundidas com dengue ou viroses...
 
elisangela freitas em 13/06/2012 03:32:45
Não quero assustar! Mas já assustando são duas mortes confirmadas por H1N1 aqui em Campo Grande. Segundo a coordenadora de vigilância epidemiológica da Sesau, Erci Hirota, já são 29 casos de gripe A notificados no município. Destes, sete foram confirmados e o restante ainda aguarda resultado dos laudos. Apesar dos casos confirmados, a coordenadora não divulgou os nomes. Meu Deus! Não vejo nem ouço nada das autoridades em saúde. Parece que é uma gripe comum. Assim o estão tratando. Vamos nos mobilizar e trazer esta situação a publico e cobrar o que esta sendo feito pelas nossas autoridades em saúde. URGENTE! URGENTE!
 
zildo de oliveira barros em 13/06/2012 03:03:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions