A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/02/2015 07:39

Sesau realiza neste sábado nova ação de combate à dengue e chikungunya

Flávia Lima
Equipes da Sesau continuam com trabalhos no Jardim Noroeste, onde há o maior número de focos do mosquito. (Foto:Arquivo Campo Grande News/Marcos Ermínio)Equipes da Sesau continuam com trabalhos no Jardim Noroeste, onde há o maior número de focos do mosquito. (Foto:Arquivo Campo Grande News/Marcos Ermínio)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) realiza amanhã, a partir das 8 horas, mais uma ação de combate a dengue e à chikungunya. A s atividades acontecem em dois pontos da Capital, com abertura oficial no Mercado Municipal e segue com atividade paralela no camelódromo. No local serão realizadas abordagens educativas e distribuição de material informativo. A programação completa para o dia D será divulgada no abertura da ação.

Apesar da queda no número de casos de dengue no ano passado, a diretora de Vigilância em Saúde da Capital, Marcia Dalfabbro, reforça o pedido de medidas de prevenção para evitar epidemias para o próximo verão. “Precisamos estar atentos pois agora temos dois vírus em circulação em Campo Grande, ambos transmitidos pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti”, explica Dalfabbro.

O chefe do Setor de Controle de Vetores do CCEV (Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais), Alcides Ferreira, explica que “qualquer recipiente que acumule água parada pode ser um criadouro dos mosquitos transmissores e a população precisa se atentar a isso, pois cerca de 80% dos focos de proliferação dos mosquitos são encontrados em residências”.

Em 2014, Campo Grande ficou fora do risco de epidemia de Dengue, com 4.031 casos notificados e nenhum óbito. Já Chikungunya foram 46 casos notificados de setembro de 2014 até agora, sendo que apenas um paciente foi confirmado com o vírus.

Mutirões

Desde a segunda quinzena de janeiro deste ano, equipes estão realizando mutirão de limpeza de terrenos baldios e quintais de imóveis. A ação, que conta com 70 agentes comunitários e dez caminhões e duas pás-carregadeira acontece, a príncípio, no Jardim Noroeste, uma das regiões com maior índice de foco de Dengue, de acordo com o último Lira (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti), e se expandirá conforme cronograma, para outros bairros que também apresentam risco



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions