A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/02/2013 15:44

Sob tensão, duas famílias são despejadas no Santa Emília

Mariana Lopes
Grávida de 8 meses, Maria Inês, o marido e as filhas vão ficar abrigados no Centro Comunitário do bairro (Fotos: Luciano Muta)Grávida de 8 meses, Maria Inês, o marido e as filhas vão ficar abrigados no Centro Comunitário do bairro (Fotos: Luciano Muta)

Com o mandado do juiz da 1ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos de Campo Grande, Nélio Stábile, duas famílias foram despejadas na manhã de hoje (20), de uma área de comodato localizada na rua Edno Machado, no bairro Santa Emília.

Sob um clima tenso, o oficial de Justiça responsável por cumprir a determinação, Ricardo Januário da Silva, precisou de jogo de cintura para convencer os moradores a arrumar a mudança e esvaziar as casas. A revolta maior das pessoas é por causa de uma promessa feita pela Emha (Agência Municipal de Habitação) que não foi cumprida.

O pintor Amilton Ales de Freitas, 29 anos, tinha em mãos dois documentos que lhe davam todo o direito de estar inconformado com a situação. Um era o Título de Comodato da área e o outro era o acordo feito com a Emha que garantia um lar à família dele assim que fosse despejada da área.

Porém, o oficial de Justiça afirmou que o juiz analisou o título e entendeu que ele não tinha mais validade. Ainda segundo Ricardo, a Prefeitura entrou com pedido de Reintegração de Posse da área em 2008, e desde então o processo corre na Justiça. “No ano passado o juiz concedeu a desapropriação, mas os moradores entraram com recurso e ganharam. No final de janeiro saiu nova determinação”, explica o oficial de Justiça.

No último dia 22 de janeiro, de acordo com Ricardo, ele mesmo conversou com as famílias e disse que teriam que desocupar a área imediatamente. “Não demos um prazo, falei que a qualquer momento poderíamos vir cumprir a desocupação”, conta.

Placa fixada na ávore da casa de Amilton e Maria InêsPlaca fixada na ávore da casa de Amilton e Maria Inês
Silol diz que a área é da Prefeitura, mas que esperava pela casa que lhe prometeram Silol diz que a área é da Prefeitura, mas que esperava pela casa que lhe prometeram

As famílias têm até o final da tarde de hoje para retirar todos os bens das casas e deixar a área. Segundo o assessor técnico da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Alcindo de Macedo, a Prefeitura está à disposição com funcionários e caminhão para carregar a mudança. A ação contou com 20 guardas minicipais para garantirem a ordem do local.

Para aonde ir? – Confiando na promessa da Emha, os moradores não arrumaram para aonde ir. A dona de casa Maria Inês Santos Castro, 37 anos, esposa de Amilton, conta que mora na área há 30 anos, praticamente cresceu naquela casa. “Foram meus pais que ergueram isso daqui, a gente tem documento que prova que não invadimos”, justifica.

Grávida de 8 meses, ela, o marido e as duas filhas ficarão abrigados no Centro Comunitário do bairro, a poucas quadras de onde ela foi despejada hoje. “Não temos para aonde ir, foi o que conseguiram para a gente no momento”, diz, com um ar até de conformismo.

O pedreiro Silol Segóvia, 40 anos, também foi despejado com a esposa e o filho de 4 anos. “A área é da Prefeitura, a gente tem que sair mesmo, mas cadê a casa que nos prometeram? Aqui não é invadido, é área de comodato, temos nossos direitos também”, argumenta.

O casal mora na área há 8 anos e hoje cada um vai para a casa de sua mãe. “Vamos nos ajeitar assim até encontrar um lugar definitivo para morar”, conta Silol.



Estou muito feliz c/ o bernal , pois ele esta cumprindo o que prometeu, ele iria cuidar do povo e esta, c/ muita humanidade esta despejando, deixando o povo morrer nos postos de saude , cortando o salarios , tirando o teto dos carentes , demolindo as casas , que o trabalhador levou avida inteira p/ construir, mais são esses misaraveis trabalhadores honestos, corretos que não sabem roubar , não são empresarios merecem tudo isso eles fizeram essa escolha, não foram enganados apenas não perguntaram como ele, comoseria esse cuidado, apenas foram embrulhados c/ belas palavras, ate eu me apaixoneii, era tudo lindo, Mas o mal apresenta sempre formoso, lindo e macio suave cheio de magia, enfim o noivo enganou a noiva. Lamento por C. grande por cada eleitor que cai no conto vigario.
 
sandra machado em 05/03/2013 14:54:55
Dilamar A.Lopes, não adianta querer criticar a administração anterior, pois a atual poderia providenciar uma casa para as famílias, não seria "AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR" cade o lema???????
 
Marcio Daguila em 21/02/2013 17:55:47
Novamente criticam o atual prefeito pela situação,mas leiam com atenção a notícia e notem que a reintegração de posse foi pedida em 2008 pela administração passada e que os moradores a anos são inscritos na Emha durante muitas administrações passadas.Percebam vcs caros leitores que os outros administradores pouco fizeram pela população carente.Alguns leitores colocam que há pessoas que não precisam e conseguem casas.Isso é verídico.Até mesmo houve caso de marido e mulher conseguirem, cada um uma casa.Muitos conseguem casas com políticos,outros com conhecidos que trabalham na Emha ou na Ageab e muitos vendem,alugam,trocam.Para comprovar é só fazer um levantamento nos conjuntos que vão verificar que a maioria dos moradores não são os primeiros donos.
 
Dilamar A.Lopes em 21/02/2013 15:44:53
ingracado ne e pra onde vai essa familia porque ai na foto da pra ve que eles tem bebe.benal nao e voce que ia ser um prefeito ecelente cadae que ate agora nao vi.
 
Dantielle villalba acunha em 21/02/2013 14:23:36
E O BERNAL??? TÁ DESPEJANDO O POVO POBRE E CARENTE DE SEUS LARES E JOGANDO NO OLHO DA RUA. QUERO SABER SE É ASSIM QUE VOCÊ VAI "ADMINISTRAR PARA AS PESSOAS", HEIN BERNAL??? NA CAMPANHA VC FALAVA TÃO MAL DO NELSINHO, DIZIA QUE ELE ERA SÓ CORAVA TAXAS, IMPOSTOS, QUE ERA DESUMANO, NÃO SE PREOCUPAVA COM AS PESSOAS, MAS E AGORA??? POR QUE VOCÊ NÃO ARRUMA UMA CASA PARA ESSA GENTE NECESSITADA E QUE, SEGUNDO, A REPORTAGEM TEM DOCUMENTOS IDÔNEOS DE COMODATO E PROMESSA DE CASA. CADE VC BERNAL???
 
FÁBIO MATOS em 21/02/2013 12:41:26
E o Bernal?
 
Fabricio Trevisan em 21/02/2013 11:12:48
Com certeza entre eles deve ter algum eleitor do Bernal, e ai este é o administrador do povo?
 
Antonio Martins em 21/02/2013 09:31:52
MUITO BEM Alexandra Nazario
CONCORDO PLENAMENTE
 
jose geraldo de lima em 21/02/2013 09:14:20
Muito bem lembrado Edson Moreira, os vereadores que ganham uma nota preta por mes, alem das regalias que tem, nao pagam aluguel e pronto...enquanto essas familias sao despejadas sem ter pra onde ir....
 
Luciene Escobar Ajala em 21/02/2013 09:02:15
Em que pese a situação humilhante e até mesmo desumana a gente relembra que essas pessoas certamente votou por "protesto" nesse Prefeito. Isso é que dá votando assim. No mínimo devem ter muito interesse nesses terrenos, a prefeitura poderia retirá-los e encaminhá-los para uma casa popular sem se expor tanto assim. Isso é que é "administrar para as pessoas"!!!
 
Carlos Marques em 21/02/2013 08:53:07
Vi esse despejo passava eu pela mesma rua quando vi chorei de ver tal ato,e saber e ver que pessoas aqui no Residencial Ronaldo tenuta de 860 e poucas casas 70% já foi vendida a preço de 2 3 4 7 15 20 e ate 40 mil as pessoas compram poe cerca eletrica muro calçada e vendem sei de varias casas e até pessoas que agem aqui como corretores se quizerem saber e só falar que dou nome e endereço.ja foi denunciado varias casas mas ninguem faz nada de outro lado pessoas que conseguiram casa porque o pai faz serviço na casa de uma assistente social da ageab ela deu de forma injusta para os 2 filhos desse mestre de obra prencheu como se eles moravam em area de risco e nem cadastro não tinham e muito injusto sendo que pessoas tem cadastro a mais de 10 anos e não consegue.lamentavel a injustiça.
 
Adriana oliver em 21/02/2013 08:48:48
Sou morador do Albino Coimbra, um empreendimento da Emha e Ageabe, moro em um condomínio que desde que as chaves foram entregues ainda ha muitos apartamentos vazios, e além do mais, em umas das reuniões que teve no condomínio pudemos presenciar carros importados na garagem, o que nos da a clara certeza que aqueles donos dos carros importados não necessitam desse tipo de casas social como é o caso dessas famílias. Não concordo com a apropriação indevida, mas também não concordo com o beneficio para aqueles que não precisam.
E sem contar que já vi apartamentos para alugar no classificado do correio do estado tempos atras.
 
Eber Medeiros em 21/02/2013 08:31:09
Acredito que todos pagam impostos e quem paga tudo certinho, acaba tendo que pagar pelo os outros, penso que temos direito a moradia, educação, saúde, mas não de graça... o despejo é necessario, com certeza a justiça deu prazo mas ignoraram.
 
Ana Maria Vatkeosy em 21/02/2013 08:20:03
Parabens Campo Grandenews, pela matéria.

Lendo a matéria sobre o despejo, vejo o absurdo que a injustiça que assume com essas pessoas. Que tal chamar os responsáveis pra assinar um TAC para se comprometer a disponizar um lar pra essas crianças, afinal de contas são 30 anos esperando pra receber uma casa. Como dizia meu pai: " É O BRAZIR RAPÁ".
ACORDA JUSTIÇA, tira a venda dos olhos.
 
Luiz Carlos Fonseca Vieira em 21/02/2013 08:12:00
FAÇO INSCRIÇAO NA EMA E NA CAIXA A 31 ANOS E ATE HOJE NEM ME LIGAR LIGARAM TD ANO ESTOU NA PORTA DELES E DAI KD A JUSTIÇA KD O OFICIAL DE JUSTIÇA PARA FALAR O PALHAÇA NAO DEU CERTO CONTINUA PAGANDO ALUGUEL E FALTANDO O Q. COMER EM CASA, KD A BANDIDAGEM
 
ester rei em 21/02/2013 08:09:26
Isso é Brasil absurdo nao tem justica,,,,, familias vao pra rua com crianca absurdo,,, cade direitos humanos nessa hora ? qdo aparece estuprador bandido direitos humanos ta la defender coitado? bsurdo isso,,, lamentavel trabalhores sao espulsos ,,,, revoltante
 
Rosilene carvalho em 21/02/2013 07:11:38
Sr. Gustavo Ribeiro, o Sr. no mínimo faz parte dessa administração, só pode! Para onde essas pessoas iriam? Para um barraco de lona? Pagar um aluguel? Financiar uma casa? Ganhando menos do que 1 salário mínimo? Como? A prefeitura tinha que ter encontrado uma solução para o problema antes do despejo e não colocar na rua para depois tentar uma solução! Estamos falando de seres humanos, de gente, assim como você, assim como eu, pois aos olhos de Deus somos todos iguais, é como num jogo de xadrez, rei, peão, não importa, no final do jogo vamos todos para a mesma caixa. Ah! e se eu não estou enganada estamos no início de um governo cujo lema da campanha é "As pessoas em primeiro lugar". A prefeitura sustenta tanta coisa errada, podre, imunda TEM SIM que arrumar uma casa para essas família!
 
Alexandra Nazario em 20/02/2013 21:15:23
Bonito a atitude da nossas autoridades , em quanto isso em Brasilia roubaram -se milhões e nada foi feito.
 
Edson luiz magalhaes em 20/02/2013 21:09:15
Vao desocupar pra que ate porque o mosquito e mais importante do que as pessoas aqui., para daqui a pouco ficar de criadouro da dengue
 
carla malaquias em 20/02/2013 20:36:49
Como o oficial de Justiça avisou, eles tiveram tempo de se arrumar, mas Brasil é assim: Fica todo mundo esperando o último minuto, ai diz que não deu tempo.
 
Gustavo Ribeiro em 20/02/2013 17:44:26
vai ter outra ELEICAO VAMOS MOSTRA A FORSA DA GENTE GENTE MEUS SENTIMENTO SENTIMENTOS
 
SAMIR DA CONCEICAO ESPINDOLA em 20/02/2013 17:42:56
olha vai ter nova campaha vamos mostrar aforsa da gente gente gente gente 2
 
SAMIR DA CONCEICAO ESPINDOLA em 20/02/2013 17:38:12
tinha gente ali que já tinha casa
 
crystian da silva em 20/02/2013 17:35:02
FICO PENSANDO SE UM JUIZ DESSE CONSEGUE COLOCAR A CABEÇA NO TRAVESSEIRO E CONSEGUE DORMIR ,SABENDO QUE TEM CRIANÇAS DORMINDO NA RUA POR CAUSA DELE.LAMENTÁVEL!!!!
 
Alyne Furtado em 20/02/2013 17:34:26
Lendo essa matéria, eu fico mais revoltado com a justiça, pois nossos vereadores não pagam aluguel desde 2005 e esses trabalhadores estão sendo despejados, sem ter lugar para ficar.


Obs: Essas pessoas sim, podemos chamar de "trabalhadores" aqueles senhores que falam bonito não!
 
edson moreira em 20/02/2013 16:58:04
Engraçado! essa prefeitura gosta de despejar as pessoas mais não gostam de ser despejada,tenham a santa paciência com esse poder publico a ehma mal administrada onde vc só consegue algo através de propina,nunca que iria dar um lar para essas pessoas infelizmente é assim,pena o que estão fazendo com essas famílias ninguem merece isso,certo seu BERNAL>> faça algo mostra que é um bom prefeito.. e resolva essa situação não use da truculencia...
 
odevair de brito oliveira em 20/02/2013 16:38:05
Enquanto isso os nosso "queridos" vereadores continuam no prédio da câmara sem pagar aluguem e mesmo assim não são despejado! Bom trabalho justiça!
 
Rhelben Moresco em 20/02/2013 16:37:28
Puxa vida até quando os direitos vão ficar só no papel, nada justo esse ocorrido, pessoas humildes sendo tratadas como nada, aonde essas pessoas vão ficar agora? TUDO ISSO SE RESOLVERÁ NA JUSTIÇA DIVINA, E NINGUEM ESCAPARÁ, NÃO HAVERÁ VALOR NO MUNDO QUE POSSA SALVAR ALGUEM NESSE DIA QUE SE APROXIMA MUITO RÁPIDO...
 
Joao Santos em 20/02/2013 16:34:07
POR QUE NÃO DERAM SEIS MESES PARA ELES SAIREM?? SÓ PORQUE NÃO SÃO VEREADORES??? EH JUSTIÇA!!!!! EH BRASIL!!!
 
Alex André de Souza em 20/02/2013 16:25:09
PARA A CAMARA LEVA 6 MES O DEPEJO O POBRE E 6 MINUTO
ESTA JUSTIÇA
 
LUIZ CARLOS O CARVALHO em 20/02/2013 16:24:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions