A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/01/2014 15:25

Suspeito de agredir namorada recua e comparece à delegacia para depor

Lidiane Kober e Bruno Chaves

Horas depois de pedir o adiamento do depoimento por falta de “condições psicológicas”, Matheus George Tannous, 19 anos, suspeito de agredir gravemente a namorada, Giovanna Nantes Tressi de Oliveira, 18, na virada do ano, em Campo Grande, recuou e foi, por volta das 14h45 desta terça-feira (7), à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) dar sua versão do caso.

Matheus foi acompanhado de dois advogados e pediu para falar com a delegada Rosely Molina, responsável pelas investigações. Ela interrompeu reunião para ouvir o jovem. O suspeito chegou com expressão tensa à delegacia e não falou com os jornalistas.

Pela manhã, os advogados pediram o adiamento do depoimento por falta de “condições psicológicas”. Outro motivo, segundo Rosely, seria ameaças que ele vem recebendo de populares. “O pai (Michel Georges Tannous) entrou em contato, dizendo que o menino não consegue nem dormir a noite, por conta de ameaças que vem recebendo”, revelou a delegada.

Advogado do suspeito, Armando Soares Garcia compareceu, pela manhã, à delegacia e disse que o jovem somente prestará depoimento quando se restabelecer e ainda que está muito preocupado com o alarde em torno do fato.

O caso – Giovanna foi internada na Santa Casa na madrugada do dia 1º de janeiro. Ela deu entrada no hospital com quatro fraturas no rosto, duas no maxilar e duas abaixo do olho direito, sendo que passou por cirurgia e está estável. A mãe da jovem acredita que ela tenha sido agredida pelo namorado. Já o rapaz diz que Giovanna sofreu uma queda após beber.



Pois eh. ele não consegue dormir a noite pois recebe ameaças. A moça não terá mais uma noite de sono por muito tempo ate a sua recuperação. Os pais dela sofrerão pelo sentimento de impotência ,por não terem impossibilitado tal agreçao, ou o suposto tombo no banheiro. DEUS conforte o coração desses pais, e que a justiça seja feita.
 
clair fatima em 07/01/2014 17:18:23
menos mal que o mal cidadão foi depor, mas engrado frisarem q a delegada Rosely Molina parou a reunião aonde se encontrava... gostaria de ver se o caso de suposta agressão fosse advindo de um casal da periferia se ela nao deixaria o cidadão esperando 2 ou 3 horas... é menos mal que esta sendo ouvido o mesmo e tomara que nao fação vista grossa.
 
Carlos Alexandre em 07/01/2014 17:14:14
ele não achava que iria dar repercussão..rs por isso que ele chutou ela no rosto varias vezes no chão, meteu a porrada achando que tava batendo em um homem..covarde!!! vai aprender na cadeia o que é ser homem !!! o unico jeito de vc quebrar um maxilar em varios pontos e chutando o rosto de uma pessoa desmaiada e sem reação...sou lutador de MMA, por isso afirmo isso..e o que me deixa mais decepcionado é que uma polícia altamente treinada como a do nosso estado , não nos da resultado do IML..não é possível que eles ja não tenham esse resultado... e por que não prendem esse covarde?
 
Marcus Previtera em 07/01/2014 16:41:36
ÉÉÉÉ..... Jesus perdoa, ,,,,,mas e DEUS ????? o meu não.
 
roseli jeronimo em 07/01/2014 16:36:11
ELE COM CERTEZA NÃO ESTÁ CONSEGUINDO DORMIR, POR ARREPENDIMENTO OU POR PROBLEMA DE CONSCIENCIA, SE É QUE TEM AMBOS.
A MENINA POR OUTRO LADO NÃO DEVE ESTAR DORMINDO POR CAUSA DOS FERIMENTOS E TRAUMAS POR ELE CAUSADOS.
JUSTIÇA SEJA FEITA.
 
ROBERTO RIOS em 07/01/2014 15:43:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions