A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/04/2011 19:56

Suspeito de estuprar acadêmica se apresentou à PM, mas foi liberado

Paula Maciulevicius e Viviane Oliveira

Polícia Militar depois de consultar identificação liberou autor que depois foi preso no bairro Tiradentes

Ele se apresentou de short e camiseta no Batalhão da Polícia Militar do Bairro Tiradentes. (Foto: Reprodução)Ele se apresentou de short e camiseta no Batalhão da Polícia Militar do Bairro Tiradentes. (Foto: Reprodução)

O autor do estupro da acadêmica de Química da UFMS, ocorrido na manhã de ontem (11) foi preso nesta tarde pela PM (Polícia Militar) do bairro Tiradentes. Robson Vander Lan, 29 anos, ex-presidiário foi até a Polícia se apresentar.

Depois de comparecer ao posto policial dizendo que era foragido do semi-aberto, Robson teve o nome consultado e os policias disseram que ele não tinha nada em aberto. O autor dizia que tinha um “crime nas costas” , porém não falava de qual se tratava.

Ele foi liberado em seguida e disse aos policiais que ficaria pelo bairro, para encontrar uma clínica de recuperação para dependentes químicos.

Momentos depois, os mesmos policiais teriam ido a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga e com a movimentação na delegacia, eles perceberam que o homem que se apresentou era suspeito de ter cometido o estupro.

Os policiais se deslocaram até o bairro, e prenderam Robson. Ainda há a informação de que ele tivesse sob efeito de drogas.

A PM levou o ex presidiário até a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher), onde neste momento presta depoimento.

Amanhã a Polícia Civil fará uma entrevista coletiva para explicar o caso.

Reconhecimento - A universitária vítima de estupro nessa segunda-feira reconheceu o autor do crime pelas diversas tatuagens que ele tem pelo corpo. Segundo a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Robson é ex-presidiário e fugitivo do regime semiaberto.

Três das tatuagens foram decisivas para o reconhecimento: a do “coelhinho da playboy” de cabeça para baixo em uma das coxas e duas suástica em duas partes do corpo, sendo uma perto do peito e outra em uma das panturrilhas. As figuras de cor verde, típicas de presidiários, também foi outra informação importante passada pela vítima à Polícia.

Testemunhas também reconheceram Robson. Uma delas é uma mulher que, conforme declarou a Polícia, acredita que não foi abordada por ele porque passou uma viatura policial no momento em que estavam próximos.



Isso é uma vergonha por parte da Polícia! São profissionais totalmente mal preparados, alguém sabe como é feito o treinamento numa academia???? Procurem saber...Por isso que a criminalidade está do jeito que está...
 
Thaís Casa Grande em 15/04/2011 03:14:22
Eu não entendi?
ele se apresentou e foi liberado?
como assim?

ele já estrupou e matou e está solto?
alguém pode me explicar o que está acontecendo?

Fernanda Souza
 
fernanda souza em 13/04/2011 12:48:27
Nossa, que absurdo! Consultam o nome da pessoa que estava foragida e liberam? Parabéns policiais. Estão cada vez melhores! E ainda querem aumento de salário...affff
 
Lilian Teixeira em 13/04/2011 10:45:29
É solta ele....se a vítima fosse a filha de alguem importante duvido que seria solto, além do mais o cara ja tem antecedentes, pensa...vai continuar fazendo essas barbaridades...
 
valmir Nogueira em 13/04/2011 09:04:24
Nossa!!! estrupador não têm tratamento jeito...Pode ser que esteja enganada,mas tenho Quase certeza que esse maníaco, é o mesmo que aterrorizou a UFMS anos atrás.Praticou vários estupros,inclusive com uma jovem do curso de farmácia, que passou por cirurgia e após recuperação foi embora de Campo Grande.
Esse indivíduo, na epóca deveria ter de 16 a 18anos e já tinha problema com a justiça.
 
neyde de oliveira em 13/04/2011 07:29:43
Mas que coisa linda por parte da nossa policia, isso ai senhores da tal segurança. Vamos apaludir toda esse treato que e a segurança de Campo Grande, agora me fala uma coisa, so uma coisa. Se fosse com uma de suas filhas senhor secretario de segurança, policiais e autoridades de segurança, ele estaria solto................vamos.............e..............mas.............. vcs sao cumplices desse marginais.
 
Andre Luiz em 13/04/2011 06:55:29
Fico muito triste quando vejo uma universidade de tamanha importância ser administrada por pessoas sem comprometimento com a comunidade, a quem deveriam prestar um atendimento da melhor qualidade.... Passam pela mesma tantos jovens, cidadãos brasileiros, e nela estudam sem segurança nenhuma... aquelas pessoas que deveriam zelar pelos estudantes e que deveriam ter tomado providências, esperaram que o pior acontecesse para, só agora, ficarem reclamando da "falta de tempo" para contratar seguranças... eu pergunto, a quem puder responder: há quanto tempo essa atitude já deveria ter sido tomada?? É lamentável... aqueles que abraçam uma responsabilidade desta envergadura deveriam fazê-lo por amor, e esse amor deveria estar refletido nas atitudes desses administradores...
 
Valéria Batista em 12/04/2011 08:46:12
ESSA PRISAO FOI MOLEZA HEM ! ENTROU NAS DROGAS E SE ENTREGOU A PM INDO ATE UMA POSTO DA PM ! E ELE AINDA INSISTIU PRA SER PRESO ! E AS TATUAGENS E OS DOC ,NINGUEM CONFIRIU , AINDA BEM QUE ELE TAVA DROGADO ! E NAO FUGIU;.SERIA BOM SE TODOS BANDIDOS FIZESSEM ISSO .....
 
JOSE B BENITES em 12/04/2011 08:41:12
Parece ate brincadeira, encanto a policia brinca de policia e bandido, mas jovens corriam o risco de serem violentadas por esse maniaco. se isso realmente aconteceu falta pouco mais de atenção e proficionalismo por parte da policia de nosso estado.
 
Edmilson Alencar da Sila em 12/04/2011 08:32:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions