A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/08/2011 13:15

Sustentabilidade e economia: moradores recebem casas com aquecimento solar na Capital

Paula Maciulevicius

Conjunto se torna o primeiro a trazer sistema de energia solar

Sistema vai usar a luz solar como forma de energia, moradores já planejam o que fazer com o dinheiro da economia. (Foto: Pedro Peralta)Sistema vai usar a luz solar como forma de energia, moradores já planejam o que fazer com o dinheiro da economia. (Foto: Pedro Peralta)

Aquecimento solar e economia na energia conta de energia elétrica, essa é a novidade para os proprietários das casas da primeira etapa do conjunto habitacional Ronaldo Tenuta, no Portal Caiobá, em Campo Grande.

Na inauguração do conjunto, as famílias pegaram o contrato e vão ter a chave em mãos ainda no final do mês.

A sustentabilidade chegou até os programas sociais do governo e com as placas de captação da energia solar, o conjunto se torna o primeiro de grande porte a ter todas as casas com aquecimento solar.

O sistema promete diminuir as contas de energia, principalmente no que se refere ao uso do chuveiro, um dos vilões do gasto.

Com o contrato em mãos e sabendo que terá a chave no final do mês, a família de Emerson Espíndola já vê com a economia da energia que pode sobrar um dinheiro para arrumar a casa.

“Por conta dessa economia que vai ter já fizemos orçamento de algumas coisas de acabamento para dentro da casa mesmo, piso nos quartos”, conta a esposa Elizandra Elichesse, de 26 anos.

As filhas do casal, duas meninas gêmeas brincavam pelo conjunto, falam o tamanho da ansiedade em ver a nova casa. “A gente estava vindo e não parava quieta, era a vontade de ver, acho que é uma casa de esquina, tomara que seja”, conta Mabillyn, de 8 anos.

A família diz estar emocionada e que esperou a casa por três anos.

Para família que mora em assentamento, casa sustentável veio em boa hora. (Foto: Pedro Peralta)Para família que mora em assentamento, casa sustentável veio em boa hora. (Foto: Pedro Peralta)

O novo sistema, de aquecimento solar, passou a ser obrigatório para todas as construções da segunda edição do programa “Minha Casa, Minha Vida”, explica o secretário de habitação Carlos Marun.

“Não era obrigatório ainda para este conjunto, mas havia a oportunidade então optamos por fazer”, ressalta.

A onda verde de sustentabilidade vai usar da natureza o bem maior, a luz do sol e em troca energia sem gasto.

A auxiliar de limpeza Claudineia da Silva, de 22 anos, é moradora do assentamento Nossa Senhora Aparecida e diz que não vê a hora de mudar. “A situação lá onde eu moro está precária mesmo, esgoto descendo no quintal”, relata. “Isso de vir com aquecimento eu nunca tinha visto, mas é muito bom”, completa.

Na casa nova vão morar ela, o marido e o pequeno Gustavo, de 7 anos. “Aleluia agora a casa vai ser quente”, brinca.

Ao ser questionado sobre o que era aquele aparelho em cima do telhado, o menino já responde, “é para esquentar o banho”.

Puccinelli, Trad e Marun entregam 430 moradias no Portal Caiobá neste sábado
O governador André Puccinelli (PMDB), o prefeito Nelsinho Trad e o secretário Estado de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, fazem nesta manhã a en...
Homem é ferido a tiro em saída de pagode no Bairro Taquarussu
Giovani Rodrigues Barbosa, 22 anos, foi baleado no tórax na saída de um pagode, na madrugada deste domingo (18), na Avenida Presidente Ernesto Geisel...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...


eles vão vender tudo...anote ai
 
wilian silva em 20/08/2011 06:04:53
Parabéns aos mentores do programa,com certeza é um grande passo para a economia de energia eletrica e o meio ambiente agradece. Mas sera que a enersul vai gostar da ideia?
 
Nilson André dos Santos em 20/08/2011 04:53:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions