A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 29 de Abril de 2017

20/04/2017 09:32

Tempo instável preocupa funcionários e pacientes de UPA parcialmente alagada

Atendimento está normalizado na unidade; No momento da chuva haviam três pacientes na enfermaria

Yarima Mecchi e Marcus Moura
UPA do bairro Universitário. (Foto: André Bittar)UPA do bairro Universitário. (Foto: André Bittar)

O tempo instável e os problemas na estrutura física da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário preocupam os funcionários e pacientes que estão no local na manhã desta quinta-feira (20). Durante a chuva de ontem (19) a água saia pela teto e uma cachoeira se formou na enfermaria.

Hoje o atendimento já estava normalizado, mas os transtornos de ontem e a previsão de mais chuva incomoda quem está na unidade. Funcionários que não quiseram se identificar afirmaram que esta não é a primeira vez que a unidade tem salas alagadas.

"Estamos preocupado com a questão da chuva, de voltar a chover. Não é a primeira vez que tem problemas. Chove e a àgua vaza pelo teto", disse uma funcionária.

A enfermaria já está sendo usada normalmente e a procura por atendimento era grande neste manhã. Na escala os seis clínicos gerais e quatro pediatras faziam o atendimento.

O pedreiro Manoel Ferreira, de 41 anos, estava com o filho de quatro anos. A criança está com febre e esperando atendimento. Ele mora no bairro Moreninhas, mas a UPA do bairro não tem pediatras nesta manhã. Ele se preocupa com o tempo e com a possibilidade de novas chuvas.

"Eu já ouvi falr em alagamentos na UPA do Vila Almeida e é a primeira vez que sei do problema aqui. E se chover e vazar de novo, onde vamos buscar atendimento?", disse.

A dona de casa Elizangelas Dantas, de 28 anos, mora no bairro Los Angeles e buscava atendimento para a filha de 8 anos. "Ela tem alergia a lactose e precisa de atendimento. Cheguei tem umas três horas, estão abertos, mas está demorado", reclamou.

Saguão da UPA Universitário. (Foto: André Bittar)Saguão da UPA Universitário. (Foto: André Bittar)

Vistoria - No dia 5 de janeiro uma vistoria foi feita na unidade pela secretária-adjunta de saúde, Andressa de Lucca Bento, pelo coordenador de urgência, Yama Higa, coordenadora de vigilância em saúde, Eliana Dalla Nora, secretário-adjunto de Infraestrutura, Ariel Serra, e técnicos das secretarias.

No dia eles constataram que a unidade precisava de reparos. As Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) e a Seintrha (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos) disseram que iam definir um cronograma.

Durante a chuva do dia 4 de janeiro, a unidade foi tomada por goteiras e até lixeiras tiveram de ser usadas para conter a água e não deixar que o chão ficasse alagado.

Secretaria-adjunta no dia 5 de janeiro em visita.(Foto: Marlon Ganassin/PMCG)Secretaria-adjunta no dia 5 de janeiro em visita.(Foto: Marlon Ganassin/PMCG)

Sesau - Por meio de nota, a secretaria informou que todas as unidades de saúde de Campo Grande vistoriadas receberam reparos paliativos e estão periodicamente passando por manutenção preventiva.

"O episódio ocorrido na noite de ontem na UPA Universitário foi pontual em decorrência do grande volume de chuva. A unidade já passou por problemas semelhantes no passado, entretanto nunca no setor de enfermaria onde foram feitas as imagens divulgadas à imprensa", diz a nota.

Ainda por meio da assessoria, a Sesau informou que não houve vazamento ou alagamento em nenhuma outra área da unidade.

"No momento do ocorrido haviam três pacientes na enfermaria que foram remanejados para ala B. O mobiliário e equipamentos foram retiradas do local e não houve prejuízos materiais e no atendimento destes e de outros pacientes", ressaltou.

Ontem uma equipe de manutenção da Sesau esteve na unidade fazendo o reparo parcial dos danos na calha e no forro da enfermaria e hoje pela retornarão à unidade para complementar o serviço, além de vistorias outras áreas da unidade.

Confira o vídeo de como ficou a enfermaria da UPA durante a chuva de ontem:




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions