A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/03/2016 21:35

Terceira edição da Conferência Estadual LGBT é realizada em Campo Grande

Fernanda Yafusso
Evento será realizado no Teatro Aracy Balabanian em Campo Grande (Foto Divulgação)Evento será realizado no Teatro Aracy Balabanian em Campo Grande (Foto Divulgação)

A 3ª edição da Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos da População de LGBT (Lésbicas, Bissexuais, Gays, Travestis e Transexuais) acontece nos dias 2 e 3 de Março, no Teatro Aracy Balabanian, em Campo Grande.

O objetivo do encontro, que neste ano traz o tema “Por um Brasil que Criminalize a violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais”, é avaliar a efetividade do Plano Estadual de Políticas Públicas de Promoção e Defesa dos Direitos de LGBT para o enfrentamento à violência.

Para Diego Rodrigues, integrante da Comissão Organizadora da Conferência esse é o momento em que o Governo tem para escutar a população sobre as políticas públicas e também saber quais os problemas enfrentados.

"Essa é a terceira vez que temos a oportunidade de dizer ao governo, qual o tipo de política pública que precisamos e o que se pode fazer sobre os crimes contra a população LGBT. Não existe uma legislação específica para nos proteger contra os tipos de violência, por isso pedimos para que a lgbtfobia, termo utilizado atualmente pois a denominação homofobia não abrange as transexuais e nem as travestis, seja criminalizada.

Programação - A abertura do evento acontece nessa quarta-feira (2) a partir das 19hs. Será realizada a palestra magna pela Coordenadora Geral de Promoção dos Direitos LGBT da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos, Symmy Larrat. Além de apresentações culturais.

Já na quinta-feira (3) será realizado um painel com quatro eixos da Conferência: O primeiro, no período da manhã, será com o painelista Diego Gonçalves Rodrigues, presidente da Rede Apolo, Rede de Homens Gays e Bissexuais de Mato Grosso do Sul, sobre o tema Políticas Transversais, Participação Social e Sistema Nacional LGBT.

O segundo eixo será realizado por Guilherme Passamani, Doutor em Ciências Sociais pela UNICAMP e Professor na UFMS, com o tema Educação, Cultura e Comunicação/Mídia em Direitos Humanos. E o terceiro será realizado pela Procuradora da Justiça, Doutora Jaceguara Dantas, com o tema: Segurança Pública e Justiça.

O último e quarto eixo terá como tema Marcos Jurídicos e Legais para o Enfrentamento à Violência, ministrado pelo membro da Comissão da Diversidade Sexual da OAB Seccional Mato Grosso do Sul, Júlio César Valcanaia.

Conferência dos Direitos Humanos da População LGBT acontece nessa terça
A prefeitura de Campo Grande realiza nessa terça-feira 916) a 1ª Conferência Regional de Políticas Públicas e Direitos Humanos da População LGBT de C...
Guarda abrirá sindicância para apurar denúncia de tortura durante parada LGBT
A Prefeitura de Campo Grande afirmou durante a tarde desta sexta-feira (16) que se equivocou quanto à investigação sobre denúncia de agressão dentro ...
Guarda diz que não vai apurar denúncia de tortura durante parada LGBT
A GM(Guarda Municipal) informou por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura, que não pretende abrir um procedimento interno para investigar a de...
Coordenadora da Política LGBT reage às piadas de mau gosto
A espera - Seis meses se passaram desde a primeira denúncia de abandono feita pelo sindicato dos ferroviários e desde então, apesar das promessas da ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions