ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Tiros e explosões assustam bairro Santo Antônio na madrugada

Treinamento da PM aconteceu no 20º Regimento de Cavalaria Blindado e assustou quem mora na região

Ana Oshiro e Mariely Barros | 01/09/2022 09:46
Fachada do 20º Regimento de Cavalaria Blindado, onde treinamento da PM aconteceu (Foto: Henrique Kawaminami)
Fachada do 20º Regimento de Cavalaria Blindado, onde treinamento da PM aconteceu (Foto: Henrique Kawaminami)

Moradores da região do Bairro Santo Antônio, em Campo Grande, acordaram assustados na madrugada desta quinta-feira (1) com barulhos de tiros e explosões. Muitos relataram que não conseguiram dormir por causa do medo, já que não sabiam do que se tratava.

"Alguém sabe dizer o que tá acontecendo no quartel? Bombas, tiroteio e por aí vai", publicou uma mulher no grupo do bairro no Facebook. Nos comentários, várias pessoas relataram que acordaram assustadas com o barulho e muitos suspeitaram que fosse um treinamento militar.

Entre os relatos, uma pessoa chegou a dizer "tomara que seja treinamento mesmo, se não for, algum banco já era, pelo barulho". Os tiros e explosões fazem parte de um exercício da Polícia Militar dentro do 20º Regimento de Cavalaria Blindado, de acordo com a assessoria do Exército Brasileiro.

Tere, comerciante, conta que ela e o marido acordaram assustados com tiros (Foto: Henrique Kawaminami)
Tere, comerciante, conta que ela e o marido acordaram assustados com tiros (Foto: Henrique Kawaminami)

"Acordamos assustados, eu e meu marido, foram muitos disparos, tiros muito fortes", contou a comerciante Tere Ramos, de 58 anos. Adilson de Paula, de 30 anos, também comerciante, disse ao Campo Grande News que acordou às 4h com os barulos, mas imaginou que fosse um treinamento e voltou a dormir.

"Comecei a ouvir disparos muito fortes, os tiros tinham espaço de 10 a 15 minutos, antes já tinha acontecido umas explosões e depois veio o barulho das metralhadoras", explica o aposentado de 67 anos, Darcy Nogueira de Almeida, que também acordou assustado.

Nas redes sociais algumas pessoas reclamaram que a população não foi avisada do treinamento. "Deveriam alertar a população, para que a gente não fique preocupado, estou até agora sem dormir, do susto que levei", disse uma pessoa, enquanto outra conta que ela e as crianças não conseguiram dormir.

O Campo Grande News procurou a Polícia Militar, através de email enviado à assessoria de imprensa, e aguarda retorno.

Comentário em rede social reclama que população não foi avisada de treinamento (Foto: Reprodução)
Comentário em rede social reclama que população não foi avisada de treinamento (Foto: Reprodução)


Nos siga no Google Notícias