A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/07/2012 16:53

TJ mantém na prisão homem que matou outro a facadas e feriu mulher

Nadyenka Castro

Crime aconteceu em setembro de 2011. Acusado ficou foragido por seis meses

Marciel foi preso em abril, seis meses após o crime. (Foto: João Garrigó)Marciel foi preso em abril, seis meses após o crime. (Foto: João Garrigó)

Acusado de matar o vigilante Eraldo Barreto, de 44 anos, e ferir Célia Cavalheiro Matos, de 31 anos, em 18 de setembro do ano passado, na Vila Cidade Morena, em Campo Grande, Marciel Alves, de 39 anos,

Preso há dois meses por ter matado o vigilante Eraldo Barreto, de 44 anos, e ferido a facadas Célia Cavalheiro Matos, Marciel Alves, de 39 anos, na Vila Cidade Morena, em Campo Grande, Marciel Alves vai continuar na cadeia por decisão do no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Por unanimidade, a 2ª Câmara Criminal negou pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Marciel, que foi à prisão após ficar seis meses foragido.

Os crimes aconteceram em 18 de setembro de 2011, em bar localizado na Vila Cidade Morena. De acordo com a acusação, Marciel passou a mão em Célia, que estava acompanhado de Eraldo.

A atitude desencadeou discussão e briga entre autor e Eraldo. Este último foi embora, retornou mais tarde, esfaqueou as duas vítimas e fugiu. Eraldo morreu.

Marciel foi preso dia 25 de abril em um assentamento. Em entrevista à imprensa um dia depois de ser preso, ele negou ter passado a mão em Célia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions