A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

20/04/2018 08:47

Traficante vai a júri nesta sexta por mandar matar cliente de boca de fumo

Crime aconteceu há 5 anos, na madrugada do dia 2 de março de 2013 na Rua Caraíba, no Jardim Canguru, região sul

Viviane Oliveira

Vão a júri popular nesta sexta-feira (20), em Campo Grande, Paulo Darlot da Silva, 36 anos, “o Paulinho” e Gilsara Américo Santos, 42 anos, a “Nega”. Os dois são réus por matar Rodrigo Barbosa de Alencar, 27 anos, com 13 golpes de faca, na madrugada do dia 2 de março de 2013 na Rua Caraíba, no Jardim Canguru, em Campo Grande.

Conforme a denúncia, o crime foi cometido por vingança, pois Gilsara, dona de uma boca de fumo na região, acreditava que a vítima havia a denunciado à polícia. Na época, a acusada chegou a ser presa por tráfico de drogas. Para se vingar, a acusada mandou que Paulo, seu marido na época, executasse o crime.

Segundo testemunhas, Rodrigo que era usuário de drogas, vinha sendo ameaçado por Gilsara. Toda vez que a ré avistava o rapaz na rua fazia sinal com as mãos sugerindo que mandaria cortar o pescoço da vítima.

No dia do crime, Rodrigo seguia a pé na rua, quando foi surpreendido pelas costas por Paulo e ferido com vários golpes de faca, sendo no tórax, nas mãos, braços, cotovelos e corte profundo no pescoço. Tanto Paulo quanto Gilsara responde ao processo em liberdade. O resultado do júri deve ser divulgado no período da tarde. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions