A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/02/2015 15:26

Transformação do CNEC em centro de educação deve atrasar oito meses

Michel Faustino
Prazo de entrega foi ampliado devido a reestruturação do prédio. (Foto: Marcos Ermínio)Prazo de entrega foi ampliado devido a reestruturação do prédio. (Foto: Marcos Ermínio)
Previsão inicial era de que unidade estaria funcionando em agosto do ano passado. (Foto: Marcos Ermínio)Previsão inicial era de que unidade estaria funcionando em agosto do ano passado. (Foto: Marcos Ermínio)

Previsto inicialmente para ser inaugurado em agosto do ano passado, o Ceinf (Centro de Educação Infantil), instalado no prédio da antiga Escola Ceneticista Oliva Enciso, CNEC, na Avenida Afonso Pena, centro da Capital, deve começar a funcionar somente em abril deste ano, conforme a secretária municipal de educação, Ângela Maria de Brito.

Em dezembro do ano passado, o prefeito Gilmar Olarte (PP) havia anunciado que a reforma do prédio, que na época foi orçada em R$ 300 mil, ficaria pronta até fevereiro deste ano. Porém, segundo a secretária, foi necessário a dilatação do prazo de entrega da unidade que precisou ser praticamente toda reestruturada. Foram necessárias adaptações nos banheiros para as crianças e de um espaço para a confecção de merenda para os bebês.

“Tivemos um problema com às adequações do prédio. Porque ele é um prédio mais antigo e onde estudavam crianças maiores. E pra atender o público da creche foi preciso fazer várias adaptações e adequações e por isso ampliamos esse prazo de funcionamento”, justificou.

Com a nova unidade, as cerca de 160 crianças atendidas no Ceinf Eleodes Estevan devem ser transferidas para o prédio da CNEC. A alteração também permitirá, segundo a secretária, ampliar em 300 vagas o atendimento de crianças de quatro meses a cinco anos.

Transformação - O local foi motivo de inúmeras ações na justiça, quando a direção nacional da CNEC parou os trabalhos no final de 2012, e no início de 2013, tinha a intenção de vender o imóvel para Fecomércio, onde poderia ser ampliado as dependências do Sesc.

Após reclamação de pais de alunos, antigos funcionários e vereadores, foram realizadas várias reuniões e audiências públicas sobre a questão, já que a área havia sido doada pela prefeitura de Campo Grande, com a finalidade de ser uma unidade de ensino.

Por esta razão, o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) desapropriou o local, retomando o prédio que seria utilizado em outra função, seja em uma repartição pública, secretaria ou um novo Ceinf. A entidade tentou retomar na justiça o direito pelo local, mas até hoje não obteve sucesso.

Operários trabalham na reforma do prédio da antiga escola (Foto: Marcos Ermínio)Operários trabalham na reforma do prédio da antiga escola (Foto: Marcos Ermínio)
Transformação do CNEC em centro de educação deve atrasar oito meses
Prédio do CNEC terá Secretaria da Mulher a partir de 11 de abril
O prédio do CNEC (Campanha Nacional das Escolas da Comunidade), desapropriado há quase um ano pela Prefeitura de Campo Grande, vai sediar a Secretari...
Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions