A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/03/2015 19:07

Uniderp rebate informações do MEC e garante não ter problemas com o Fies

Mariana Rodrigues e Liana Feitosa
Por meio de nota, a instituição informou que as limitações à contração do Fies pelos alunos têm sido geradas pelo MEC/FNDE. (Foto: Marcos Ermínio)Por meio de nota, a instituição informou que as limitações à contração do Fies pelos alunos têm sido geradas pelo MEC/FNDE. (Foto: Marcos Ermínio)

O Campo Grande News publicou nesta quarta-feira (11) matéria sobre as dificuldades que os alunos de Medicina do 1° ao 4° da Uniderp-Anhanguera estão enfrentando para conseguir contratar o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Para realizar a validação, o primeiro passo que o aluno deve tomar é se cadastrar no site. Em seguida, precisam efetivar o cadastro na Uniderp, mas, de acordo com o acadêmico Juliano Falcão, 24 anos, do 1º ano, não tem sido possível cumprir esse processo na universidade. Nem os funcionários, mesmo com os documentos em mãos, conseguem efetivar o passo feito no site.

Outro estudante do 1º ano, que preferiu não se identificar, informou que os veteranos, cujo Fies não cobre totalmente o valor da mensalidade, poderão pagar aos poucos, de forma bem diluída, o valor excedente. "Isso até ajuda, mas não resolve o problema. O curso está absurdamente caro", alega o estudante.

Problemas com Fies - Para os alunos, as incertezas em relação ao Fies têm causado transtornos. "Estamos insatisfeitos com relação ao Fies, queríamos uma posição da Kroton (grupo que comanda a Anhanguera) e da Uniderp sobre esses impasses, já que tem alunos que não estão conseguindo contratar o Fies", diz o aluno que preferiu não se identificar.

"Alguns representantes da universidade falam que acabaram as vagas do Fies pra Uniderp, outros falam que acabou a verba do Fies para o Brasil, ou que o problema é do sistema do MEC e do site. Ficamos sem resposta", completa o estudante do 1º ano.

Argumentos do MEC - Em nota, o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), que cuida das questões do Fies, explica como são feitas novas inscrições. "É importante esclarecer que as requisições de novas inscrições, atualmente, são liberadas por instituição de ensino e por curso, em ordem cronológica, ressalvados os critérios de qualidade, distribuição regional e disponibilidade de recursos", diz a nota.

"A abertura do Fies 2015 leva em consideração a qualidade dos cursos, com atendimento pleno aos cursos nota 5. Já nos cursos nota 3 e 4 são considerados alguns aspectos regionais, como por exemplo cursos e localidades que historicamente foram menos atendidos", completa a nota do FNDE.

A nota também informou que, com relação ao limite de financiamento, quando a faculdade deseja aderir ao Fies, ela pode fazê-lo com ou sem limite de crédito. "Se a faculdade adere com limite de crédito, ao se atingir esse limite, estipulado pela própria instituição, o sistema não aceitará novos alunos pelo Fies. Pode ser esse o caso (da Uniderp). Por isso, peço que entre em contato com a instituição de ensino para saber se a adesão foi com ou sem limite de crédito", informou a assessoria do FNDE.

Versão da Uniderp - Mas, por meio de nota, a universidade alegou que não é esse o problema da instituição. "Com relação à matéria publicada ontem (11/03) pelo Campo Grande News, a Anhanguera-Uniderp esclarece que, ao contrário do que foi publicado, não possui limite para a contratação do Fies", defende a Uniderp.

"No caso da instituição, o termo de adesão junto ao FNDE ressalta que a Uniderp possui Fies ilimitado disponível aos seus acadêmicos. As limitações à contração do Fies pelos alunos têm sido geradas pelo MEC/FNDE, conforme divulgado amplamente em mídia nacional, e não pela Anhanguera-Uniderp", explica a universidade.

Segundo o calouro Juliano Falcão, de 120 alunos da turma do primeiro ano, cerca de 50 conseguiram dar andamento no Fies, o restante enfrenta problemas. "Esses 70 alunos que não conseguem finalizar o Fies não vão ficar na instituição, já disseram isso. Um ou outro vai conseguir pagar a mensalidade por conta, no particular, mas a grande maioria depende do Fies totalmente", conclui.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions