ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  17    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Vacinação 'razoável' leva pelo menos 8 meses, prevê secretário

Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Rezende explicou que há previsão de novas doses até o fim da semana

Por Aletheya Alves e Ana Paula Chuva | 18/01/2021 13:19
Geraldo Rezende retornou a Campo Grande no fim da manhã desta segunda-feira (18). (Foto: Henrique Kawaminami)
Geraldo Rezende retornou a Campo Grande no fim da manhã desta segunda-feira (18). (Foto: Henrique Kawaminami)

Ao retornar de São Paulo a Campo Grande nesta segunda-feira (18), o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Rezende, relatou que a vacinação para número razoável da população leva, no mínimo, 8 meses. Enquanto isso, o alerta é para que a população continue seguindo medidas de biossegurança como o isolamento.

Geraldo chegou por volta das 12h na Capital e explicou que além das 158.760 mil doses que devem aterrissar por aqui na tarde de hoje, a previsão é de que novas doses são esperadas até o fim da semana. Devido ao número de vacinas ser pequeno em relação à quantidade necessária para toda a população, o secretário alertou sobre a importância de continuar seguindo os protocolos de biossegurança.

A gente lembra que enquanto não tivermos grande parte da população imunizada, os cuidados continuam. Uso de máscara, higienização, distanciamento, Rezende explicou.

Emotivo, o secretário explicou que a batalha final segue até quando 80% da população seja imunizada. “Espero que a gente saia vencedor dessa batalha final, quando conseguirmos imunizar grande parte da população chegando na imunidade de rebanho com 80% da população imunizada”, disse.

Logística - De acordo com Rezende, o desejo é que as vacinas sejam encaminhadas aos municípios o quanto antes. Sem definir a quantidade de doses para cada cidade, o secretário se restringiu a ressaltar que o maior número fica em Campo Grande devido à quantidade populacional e, que o critério de distribuição para os municípios é justamente o número de pessoas.

As vacinas serão levadas por viaturas de forças de segurança e o desejo, conforme Rezende, é que as doses cheguem aos municípios ainda amanhã. “Distribuir em no máximo 48h, chegar aos municípios e nas unidades que aplicarão as vacinas”. Também de acordo com o secretário, todas as pessoas vacinadas serão monitoradas.

A previsão do secretário é de que, após a vacinação simbólica a ser realizada hoje em Campo Grande, a aplicação das doses em Mato Grosso do Sul é prevista para as 8h de amanhã.

Definindo o coronavírus como “inimigo cruel e duro”, Rezende também relatou que o sentimento é de dever cumprido. “É uma emoção muito grande porque estamos construindo um momento importante na saúde pública do País. Estamos consolidando um SUS forte como ele é”, relatou.

Especificamente sobre as equipes empenhadas no combate à pandemia, o secretário agradeceu a todos os servidores envolvidos, “que nos ajudaram na construção desse plano para distribuição das vacinas que em tempos normais demoraria duas semanas e vamos fazer em 24 horas”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário