ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Vazamento de substância tóxica no Centro mobiliza Corpo de Bombeiros

Por Zana Zaidan e Filipe Prado | 19/12/2013 17:23
Área foi isolada pelo Corpo de Bombeiros por medida de segurança (Foto: Cléber Gellio)
Área foi isolada pelo Corpo de Bombeiros por medida de segurança (Foto: Cléber Gellio)

Um vazamento de hidróxido de amônio, que começou há cerca de 20 minutos em um laboratório de produtos químicos na Rua Padre João Crippa, entre as ruas Antônio Maria Coelho e Maracaju, no Centro de Campo Grande, mobilizou o Corpo de Bombeiros na tarde de hoje (19). A área foi isolada no entorno do laboratório, onde ocorreu o vazamento, porque a substância é tóxica. 

De acordo com os bombeiros, a substância pode tirar a consciência da pessoa se for inalada em grandes quantidades. Também pode causar queimaduras e dificultar a respiração em caso de contato com as mucosas. 

Os próprios funcionários do laboratório acionaram os bombeiros. Cerca de dez deles estavam no local quando começou o vazamento, e aguardam do lado de fora do local. Nenhum deles ficou ferido ou apresentou mal estar.

Os bombeiros garantem que não há risco de que o hidróxido se espalhe, e isolar a área é uma medida preventiva. Eles aguardam a chegada de roupas especiais para entrar no laboratório e dar início ao trabalho de contenção do vazamento.

Funcionários e populares fora do perímetro delimitado pelos bombeiros (Foto: Cleber Gellio)
Funcionários e populares fora do perímetro delimitado pelos bombeiros (Foto: Cleber Gellio)
Garrafa fica em local isolado após vazamento no Centro da Capital (Foto: Cleber Gellio)
Garrafa fica em local isolado após vazamento no Centro da Capital (Foto: Cleber Gellio)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário