A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/09/2014 09:14

Veículo vai parar dentro de loja após ser atingido por outro no Centro

Michel Faustino e Luciana Brazil
Com o impacto da batida o veículo foi para dentro de loja de tinta. (Foto: RepórterNews)Com o impacto da batida o veículo foi para dentro de loja de tinta. (Foto: RepórterNews)
Os dois veículos ficaram completamente destruídos. (Foto: RepórterNews)Os dois veículos ficaram completamente destruídos. (Foto: RepórterNews)

Um veículo Fiat Siena foi parar dentro de uma loja de tintas, após ser atingido por um Fiat Palio na manhã deste sábado (13) no cruzamento da Avenida Fernando Corrêa da Costa com a Rua 13 de maio, Centro da Capital.

De acordo com a auxiliar de enfermagem, Eunice Lopes de Oliveira, 45 anos, ela seguia na Fernando Corrêa, sentido bairro-centro, quando o motorista do Pálio, que descia a Rua 13 de maio, avançou o sinal vermelho atingindo o seu veículo que com o impacto da batida atravessou o canteiro e foi parar dentro de uma loja de tintas.

Já o motorista do Pálio, Luiz Henrique, 23 anos, que voltava de uma festa universitária junto com a irmã e uma amiga, disse que também seguia na Fernando Corrêa, sentido centro-bairro, e foi fazer a conversão para entrar na 13 de maio momento em que teria colidido com o Siena.

Com o impacto da batida, os dois veículos ficaram completamente destruídos e apesar das proporções do acidente os ocupantes dos carros não sofreram ferimentos graves. Apenas a irmã de Luiz Henrique foi encaminhada para o Hospital Militar com pequenas escoriações e passará por exames complementares.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, Luiz Henrique apresentava sinais de embriaguez. Ele se recusou a fazer o teste de bafómetro.

Prejuízo – De acordo com o gerente da loja de tintas, Marcos Nunes, o acidente causou um prejuízo de pelo menos R$ 8 mil e ele acredita que com o impacto a estrutura de parte da fachada tenha ficado comprometida.



Campo Grande deveria ter câmeras para fiscalização de velocidade e avanço do sinal vermelho em TODOS os semáforos. "Furar" o sinal é um hábito na cidade, causador de milhares de acidentes, e o prefeito prefere construir um novo hospital para tratar dos acidentados do que resolver as causa do problema!
 
Luiz Pereira em 13/09/2014 12:03:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions