ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Vento derruba aroeira e postes caem com efeito dominó em condomínio

As rajadas de vento atingiram 48 km/h até às 8h de hoje, segundo o meteorologista Natálio Abrahão

Por Anahi Zurutuza, Guilherme Correia e Clayton Neves | 22/01/2020 09:15
Poste caído no jardim do condomínio (Foto: Henrique Kawaminami)
Poste caído no jardim do condomínio (Foto: Henrique Kawaminami)

Ventania forte foi capaz de derrubar uma aroreira que atingiu a rede de energia elétrica, derrubando em efeito domínio dois postes, quatro árvores pequenas, o portão e o muro do condomínio Parque Castelo de Luxemburgo, no Bairro Pioneiros, em Campo Grande, (veja o vídeo do estrago no fim do texto).

Segundo o síndico Helder Lacerda Oliveira, a maior parte dos 832 apartamentos está sem energia. “A Energisa chegou aqui 20 minutos depois que isso aconteceu. Conseguiram restabelecer parte da energia, mas 85% do condomínio ainda está sem luz”, relata completando que a situação atrapalha a rotina no início da manhã, quando moradores estão se arrumando para ir trabalhar.

Thalita Ferraz, estudante de Medicina Veterinária na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), ficou sem energia por algum tempo. “A luz tinha caído, mas agora já voltou. Fazem dois anos que moro aqui, e não me lembro de ter visto algo assim. Essa noite choveu bastante”, narrou.

 

Detalhe do poste destruído em frente ao residencial e árvore caída ao fundo (Foto: Henrique Kawaminami)
Detalhe do poste destruído em frente ao residencial e árvore caída ao fundo (Foto: Henrique Kawaminami)
Árvore foi arrancada pela raiz e acabou com grade. (Foto: Henrique Kawaminami)
Árvore foi arrancada pela raiz e acabou com grade. (Foto: Henrique Kawaminami)
Técnico da Energisa analisa estrago em frente ao condomínio (Foto: Henrique Kawaminami)
Técnico da Energisa analisa estrago em frente ao condomínio (Foto: Henrique Kawaminami)

O vendável foi às 5h desta quarta-feira (22), conta Helder. “O pé de aroeira bem grande foi preservado, o muro foi construído em volta, mas com o vento forte, ela não resistiu, aí puxou dois postes, caiu em cima do muro e fez todo esse estrago”, relata.

Por pouco um bicicletário e um Fiat Uno não foram atingidos. A auxiliar administrativa, Josi de Souzal, de 46 anos, conta que mora no condomínio ao lado, Castelo de Mônaco, e fala que o barulho foi tão alto que ela ouviu de casa. “Um estrondo muito forte. Minha filha mora aqui, eu vim buscar o cachorrinho e desligar as coisas dela, geladeira, eletrodomésticos”.

O síndico disse ainda que até por volta das 8h30 não havia conseguido o serviço de corte e retiradas das árvores. No meio do emaranhado de fios elétricos, os galhos, folhas e troncos interditam parcialmente a Avenida Senador Antônio Mendes Canale.

As rajadas de vento atingiram 48 km/h até às 8h de hoje, segundo o meteorologista Natálio Abrahão. Entre 1h e 8h foram 39,4 milímetros de chuva na Capital, mediu a estação.