A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/11/2012 11:47

Vídeo mostra apenas moto usada por matadores de dono de jornal

Francisco Júnior e Mariana Lopes
Delegado durante coletiva. (Foto: Simão Nogueira)Delegado durante coletiva. (Foto: Simão Nogueira)
Local onde crime ocorreu, no Giocondo Orsi. Imagens gravadas na região mostram apenas modelo de moto dos bandidos. (Foto: Nyelder Rodrigues)Local onde crime ocorreu, no Giocondo Orsi. Imagens gravadas na região mostram apenas modelo de moto dos bandidos. (Foto: Nyelder Rodrigues)

A Polícia Civil trabalha com poucas pistas dos assassinados do dono de jornal e policial militar aposentado Eduardo Carvalho, 51 anos, assassinado noite da última quarta-feira (21), na frente da casa dele, no bairro Giocondo Orsi, em Campo Grande.

As imagens de câmeras de seguranças de casas próximas ao local do crime não ajudaram na identificação dos bandidos. De acordo com o delegado Matusalém Sotolani, chefe da Comunicação Social da Polícia Civil, as imagens mostram o veículo utilizado pela dupla, uma moto, mas não é possível ver a placa. Só é possível que é uma moto Titan.

O delegado informou que a mulher da vítima, Maria Cristina Barbosa de Carvalho, será ouvida nesta sexta-feira (23). Até essa sexta-feira, foi ouvido um vigia que estava de serviço no dia do homicídio.

Está prevista o depoimento de outro vigia que trabalha no bairro onde a vítima morava.

“Serão sendo ouvidas pessoas do convívio dele, mas ainda não chegou na parte de quem tinha relacionamento mais próximo”, afirmou Sotolani. Segundo ele, a investigação está no começo e é muito para apontar suspeitos.

A investigação é comandada pelo delegado Marcos Takeshita, da DEH (Delegacia de Homicídios).

Eduardo havia acabado de chegar em casa com a esposa, que dirigia um Ford Fusion e desceu para guardar a motocicleta que estava estacionada na rua, enquanto a mulher prendia os cachorros dentro de casa.

Segundo a esposa de Carvalho, neste momento ele foi atingido a tiros por um homem que seguia na garupa da motocicleta, conduzido por outro homem. Ao ouvir os disparos, ela voltou para a rua e encontrou o marido já caído no chão.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions