ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 10º

Direto das Ruas

Vídeo mostra confusão em concurso público do Hospital Regional

Por Francisco Júnior | 30/10/2011 22:32

Vídeo enviado por uma leitora do Campo Grande News mostrm a confusão formada na frente da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), onde foram aplicadas as provas do concurso público do Hospital Regional

Candidatos invadiram local de prova. (Foto: reprodução)
Candidatos invadiram local de prova. (Foto: reprodução)

Vídeo enviado por uma leitora do Campo Grande News mostra a confusão formada na frente da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), onde hoje de manhã foram aplicadas as provas do concurso público do Hospital Regional.

O vídeo enviado pela leitora Agda Bandeira Costa mostra candidatos levantando à força o portão de entrada da universidade.

Agda relata que ficou cerca de 55 minutos no congestionamento formado na avenida Tamandaré, uma das vias de acesso a universidade. Agda conta que por causa do trânsito lento chegou atrasada. “Cheguei 7 minutos atrasada, os portões já fechados, com todas essas as pessoas na frente, sendo que algumas enfrentaram chuva, correndo, torceram o pé, correram risco de vida ao tentar no desespero desviar dos carros, algumas sem sucesso”, disse.

Segundo ela, e não havia policiais para controlar o trânsito próximo do local da prova. Agda relata ainda que conversou com algumas pessoas que saíram de casa às 5 horas, e que por causa da chuva e do trânsito, chegaram atrasadas e foram barradas. “ Não houve sequer um tempo de tolerância, o que deveria ter sido relevado dado a complicada situação do trânsito e mau tempo, já que em matéria dessa organização a população nada poderia fazer. Haviam carros estacionados em lugares que sinceramente não sei como irão sair”.

Não só Agda que entrou em contato com o site relatando a confusão para chegar até o local do concurso. A leitora Jessica Nadine de França Batista disse que também não conseguiu chegar a tempo. “Todos tentavam chegar ao mesmo tempo, foi um sufoco. Foram horas de muito trânsito tenso na região, o nervosismo e a ansiedade fizeram com que muitos passassem a dirigir na contramão da via, na ilusão de que poderiam chegar no horário limite de 8h”,contou.