A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/04/2015 11:35

Vídeo registra confusão entre guardas e pacientes na UPA do Universitário

Renan Nucci
Vídeo amador mostra confusão entre guardas e pacientes na UPA do Bairro Universitário. (Foto: Reprodução)Vídeo amador mostra confusão entre guardas e pacientes na UPA do Bairro Universitário. (Foto: Reprodução)

Vídeo divulgado em redes sociais mostra parte da confusão ocorrida na noite de ontem (14) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário, em Campo Grande, envolvendo guardas municipais e um paciente de 48 anos que buscava atendimento médico. A Secretaria Municipal de Segurança Pública apura o caso.

As imagens começam no momento em que o homem é imobilizado no chão, mas de acordo com o boletim de ocorrência, antes, um dos guardas havia sido agredido por ele. Na gravação amadora ainda é possível ver um individuo de camiseta vermelha enfrentando a guarnição. 

A confusão – De acordo com o registro policial feito na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, tudo começou por volta das 21h45, quando o homem chegou ao local com dor de dente exigindo atendimento médico. Supostamente alterado, ele começou a dar pontapés na porta da sala de triagem, quando um dos guardas se aproximou.

Ele teria sido orientado a voltar para a recepção e esperar ser chamado, mas desobedeceu a ordem e atacou o servidor com uma cabeçada, dando início à briga entre ambos. Outro guarda que estava de serviço ajudou a conter o suspeito. A partir de então, quando o vídeo começa a ser gravado, a guarnição passa a ser hostilizada pelos demais pacientes que reprovam a ação.

Um deles, de camiseta vermelha, partiu para briga aumentando ainda mais a tensão. No meio da confusão, o homem que estava no chão alegou estar passando mal por causa de problemas cardíacos, e assim, foi rapidamente atendido pela equipe médica, porém, seu estado de saúde era bom. O desentendimento acabou na delegacia, sendo registrado boletim de ocorrência contra o paciente por "lesão corporal dolosa" e "perturbação do trabalho ou do sossego alheio".

A Guarda - Em nota, a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Segurança Pública "informou que os fatos ocorridos na UPA Universitário serão apurados pelo Comando da Guarda Civil. Em primeira análise, não foi constatada irregularidade na ação dos guardas. A ação foi efetiva para conter o paciente, que naquele momento encontrava-se agressivo e tentando forçar a sua entrada imediata nos setores onde não teria acesso. Os guardas agiram para preservar a integridade física do cidadão e dos demais pacientes que ali se encontravam".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions