ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Vindos de SP, criminosos são presos no Centro por aplicar golpes do cartão

Os golpistas também utilizavam crachás de funcionários da Caixa Econômica Federal para enganar correntistas

Por Viviane Oliveira | 27/10/2020 09:51
Caso segue sob investigação do Garras (Delegacia Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) (Foto: arquivo/Campo Grande News)
Caso segue sob investigação do Garras (Delegacia Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) (Foto: arquivo/Campo Grande News)

Vindos de São Paulo, dois homens de 21 e 22 anos que não tiveram os nomes divulgados, foram presos suspeitos de aplicar o “golpe do cartão clonado" em Campo Grande. O flagrante aconteceu nesta segunda-feira (26) em um hotel, localizado na Avenida Calógeras, na região Central. Lá, foram apreendidas maquininhas e vários cartões de crédito de correntistas. Os golpistas também utilizavam crachás falsos da Caixa Econômica Federal.

Equipes do Garras (Delegacia Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) receberam informação de que dois homens estariam na Capital aplicando crime de estelionato. Durante a investigação, conseguiram identificar e prender os suspeitos que haviam acabado de chegar no hotel. Indagados, os golpistas relataram que são de São Paulo e fazem parte de uma quadrilha especializada.

15 maquininhas foram apreendidas, dois cráchas da Caixa e cartões (Foto: divulgação/Polícia Civil)
15 maquininhas foram apreendidas, dois cráchas da Caixa e cartões (Foto: divulgação/Polícia Civil)

Eles contaram que os outros integrantes do grupo entravam em contato com as vítimas por telefone dizendo que o cartão de crédito delas haviam sido clonado, assim como compras com valores altos tinham sido realizadas. Em seguida, induziam os correntistas a fornecer nome completo e senha informando que mandariam funcionários do banco até a casa para recolher o cartão.

Com os cartões em mãos, os estelionatários passavam a fazer várias compras, ocasionando prejuízo para as vítimas. Os dois estelionatários foram presos em flagrante e passarão por audiência de custódia na Justiça nesta terça-feira (27), para definir se ficarão presos esperando o andamento do inquérito ou se responderão em liberdade.

Uma das vítimas do bando, mulher de 63 anos, contou à polícia que caiu no golpe depois de ser informada pelos estelionatários de que o cartão dela havia sido clonado. Um dos bandidos chegou a ir à casa da correntista com crachá da Caixa, se passando por funcionário da agência. A vítima, então, entregou o cartão e horas depois passou a receber mensagens de diversas compras. Ela foi ao banco e descobriu que havia caído no golpe.

No total, foram apreendidos 15 máquinas de cartão de crédito, dois crachás funcional falsos e seis cartões de vítimas diversas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário