ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Voluntários se unem em campanha para doação de medula óssea

Por Elverson Cardozo | 21/03/2012 16:14

Objetivo é ajudar um adolescente de 14 anos que recebeu diagnóstico de leucemia em 2009

Organismo do garoto não reagiu ao tratamento convencional.
Organismo do garoto não reagiu ao tratamento convencional.

Campanha para cadastramento de doares de medula óssea reuniu cerca de 200 voluntários nesta quarta-feira (21), em Campo Grande. O objetivo é ajudar um adolescente de 14 anos que recebeu o diagnóstico de leucemia em 2009 e necessita com urgência de um transplante.

O garoto teve alta do tratamento em novembro do ano passado. Em dezembro passou por vários exames. Os resultados comprovaram que o organismo dele não reagiu ao tratamento.

A mãe, Dirce Coelho, pede ajuda à população para que voluntários se cadastrem e façam doação ao menino. A campanha desta quarta-feira contou com o apoio de aproximadamente 200 guardas municipais.

Doação - Podem doar voluntários que tem entre 18 e 55 anos completos, de qualquer tipo sanguíneo. O doador fica inscrito no Redome (Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea).

Interessados podem se cadastrar na sede do Hemosul (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul), localizado na avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304, centro.

Serviço - Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (67) 3312-1500 ou (67) 3312-1539. O Hemosul funciona de segunda à sexta, das 7h às 17h30 e aos sábados das 7h às 12h.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário