A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/06/2008 11:43

Chega a MS nova ferramenta para agilizar adoções

Redação

A partir de hoje Mato Grosso do Sul passa a contar com o novo Cadastro Nacional de Adoção (CNA).

O sistema cria um banco de cadastros nacional, tanto de crianças como de casais que desejam adotar, e permite, por exemplo, que um casal de São Paulo adote uma criança aqui de Mato Grosso do Sul.

A solenidade de abertura do cadastro aqui no Estado ocorreu hoje pela manhã no auditório do Tribunal de Justiça e contou com a participação do secretário-geral do CNJ (Conselho Regional de Justiça), Arthur Eduardo Ferreira e a juíza Cristina de Faria Cordeiro, do CNA (Comitê Gestor do Cadastro Nacional de Adoção) que esclareceram aos vários juízes presentes sobre os procedimentos para a inserção de dados no cadastro.

Segundo a juíza Cristina de Farias, somente os juízes responsáveis por varas de Infância e Juventude possuem um nome de usuário e senha para o envio de informações diretamente ao site do CNJ.

As informações devem conter o perfil da criança, ou o do casal, que estejam habilitados para adoção. No caso de casais, eles podem ainda descrever o perfil da criança que gostariam de adotar.

Fila de Espera - O juiz da 1° Vara da Infância, da Juventude e do Idoso de Campo Grande, Carlos Alberto Garcete de Almeida, que também esteve presente na solenidade, informou que existem hoje na capital, habilitados para a adoção, 85 casais e 150 crianças.

A média de demora em um processo de adoção hoje no País é de 3 a 4 anos. Para ele, ferramentas como a lançada hoje no Estado, são de grande ajuda para diminuir o tempo destes processos e consequentemente fila de espera.

Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions