A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/07/2014 16:34

Chuva não causa estragos, segue amanhã e frio de 2º C chega sexta

Lidiane Kober
Instabilidade segue até amanhã e, na Capital, mínima será de 6 graus (Foto: Marcos Hermínio)Instabilidade segue até amanhã e, na Capital, mínima será de 6 graus (Foto: Marcos Hermínio)

Chuva de até 48,2 milímetros não causou muitos estragos em Mato Grosso do Sul e as precipitações devem seguir até amanhã (24) em quase todas as regiões do Estado. A partir de sexta-feira (25), o declínio da temperatura tende a se acentuar e a mínima deve atingir a 2 graus. Na Capital, a previsão é de 6 graus.

De acordo com a estação de meteorologista da Uniderp/Anhanguera e do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), em Campo Grande a chuva atingiu a maior precipitação na região oeste, com 20,4 milímetros. No leste da cidade, o índice foi de 6 milímetros.

Apesar da chuva, nem o Corpo de Bombeiros, nem a Defesa Civil receberam ocorrência na cidade. Pela manhã, uma árvore caiu na Avenida Costa e Silva, depois, nada mais foi registrado.

“Por causa das semanas de estiagem, o solo absorveu bem a água e, até agora, não houve casos de inundação e de enchente”, disse o coordenador da Defesa Civil da Capital, Hélio Daher. “Mesmo assim, continuamos em alerta, porque a chuva deve seguir até amanhã”, frisou.

Miranda e Bodoquena registraram a maior quantidade de chuva do Estado, com precipitação de 48,2 milímetros. Nos municípios, também não foram registrados estragos.

Em Ponta Porã, foram observados 32 milímetros e ventos de até 64 quilômetros por hora. Em Ivinhema, os ventos chegaram a 80,3 quilômetros por hora.

Em Corumbá, Ladário e Três Lagoas, a estação de meteorologista da Uniderp/Anhanguera não registrou chuva nesta quarta-feira (23).

Frio e mais chuva – Amanhã, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a chuva segue até o meio-dia e há risco de temporais na madrugada entre o centro-norte e leste de Mato Grosso do Sul.

No decorrer do dia, com a influência de ar polar e baixa sensação térmica, esfria bastante e ocorre a formação de nevoeiros.

Entre a sexta-feira (24) e o final de semana, a frente fria fica semi-estacionada entre o norte e centro do Estado e não estão descartadas chuvas esparsas e muita umidade. Há chance de geada fraca no extremo sul, onde a mínima deverá atingir 2 graus.

Em Campo Grande, a mínima de 6 graus está prevista para sexta e o friozinho seguirá no sábado (26) e no domingo (27).

Não estão descartados temporais em Mato Grosso do Sul (Foto: Marcelo Calazans)Não estão descartados temporais em Mato Grosso do Sul (Foto: Marcelo Calazans)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions