A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/07/2010 12:17

Cinco dos maiores traficantes da fronteira estão presos

Redação

Os cinco maiores traficantes de drogas da fronteira do Brasil e Paraguai foram presos entre 2009 e 2010. E antes de serem presos, tiveram de passar longos meses na clandestinidade, fugindo das operações policiais.

Os presos são: Jarvis Chimenes Pavão, Carlos "Capillo" Caballero, José Paulo Seco Vieira, Erineu Domingo Pingo Soligo e Carlos Arias "Líder" Cabral.

De acordo com reportagem do jornal paraguaio Ultima Hora, a lista de mais procurados da Senad (Secretaria Nacional Anti-Drogas do Paraguai) mostra que só falta um: Carlos "Cabeza Branca" Rocha, que atou durante vários anos na região de Yby Yaú, e teve de fugir após as prisões de seus colegas.

A onda de prisões teve inicio no fim de 2009, com a prisão de Pavão, escondido em uma fazenda nas proximidades de Yby Yaú, próximo a Pedro Juan Caballero. Junto com Pavão foi preso o líder do PCC (Primeiro Comando da Capital) na fronteira, Capillo.

Em junho deste ano, autoridades uruguaias prenderam Paulo Seco, traficante brasileiro, próximo a capital do país, Montevidéu. Ele também operou no Paraguai durante vários anos e é procurado no Brasil por vários crimes.

Com a detenção de Líder Cabral, a Senad e o Ministério Público do Paraguai quase fecham a lista dos mais procurados traficantes da fronteira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions