A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/06/2012 10:55

Com 2 na disputa por votos, lista para reitor da UFMS terá indicado "biônico"

Aline dos Santos

Amanhã, universo de 21 mil eleitores está apto a votar

Consulta à comunidade acadêmica será realizada amanhã na UFMS. (Foto: Minamar Júnior)Consulta à comunidade acadêmica será realizada amanhã na UFMS. (Foto: Minamar Júnior)

Com 21.784 pessoas aptas a votar, acontece amanhã na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) a consulta à comunidade acadêmica para a escolha do reitor.

Na disputa, estão a atual reitora Célia Maria Silva Correa Oliveira e o professor Antônio Carlos do Nascimento Osório. Porém, no próximo dia 27, o Colégio Eleitoral vai incluir um terceiro nome, sob a justificativa de que o MEC (Ministério da Educação) exige uma lista tríplice.

De acordo com o presidente do Colégio Eleitoral, Paulo Ricardo da Silva Rosa, o nome do terceiro indicado não foi definido. "Estamos pensando na consulta de amanhã", afirma. O colégio é formado por 129 pessoas.

Amanhã, a eleição começa às 6h no HU (Hospital Universitário) de Campo Grande. Nas demais unidades, o pleito vai das 8h às 21h. A votação será em cédulas de papel e a estrutura para organizar o processo eleitoral conta com 160 pessoas. Estão aptos a votar 18.940 alunos, 1.813 técnicos

administrativos e 1.031 docentes.

Em 2012, uma novidade será o voto dos 1.050 alunos da EAD (Educação à Distância). Na UFMS, o voto do corpo docente vale 70%, enquanto dos alunos e técnicos tem peso de 15% cada.

Conforme Paulo Rosa, a apuração dos votos poderá ser acompanhada por meio da internet. O resultado da consulta deve sair na madrugada de quarta-feira. As urnas de Coxim e Paranaíba serão apuradas em Chapadão do Sul; já os votos de Bonito, Naviraí e Nova Andradina serão contabilizados em Ponta Porã.

No dia 27, o Colégio Eleitoral se reúne, indica o candidato biônico (que não foi eleito por voto) e remete a lista tríplice ao MEC, que define o nome do reitor. A UFMS tem orçamento anual de R$ 393 milhões e unidades em 11 cidades.

Em 2008, foram realizadas nada menos do que três eleições e a reitoria foi ocupada por uma multidão de alunos durante protesto por transparência.



Espero estar vivo para REALMENTE ver a democracia na UFMS. 15% dos votos para técnicos e acadêmicos pode ser qualquer coisa, menos democracia. Não somos temporários, passageiros, ou qualquer expressão ínfima, senhora Reitora: o conhecimento que aprendemos ali, levaremos para o resto de nossas vidas. Nosso vínculo com a UFMS será eterno.
 
Ricardo Melo em 18/06/2012 12:23:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions