A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/05/2009 17:28

Com ajuda de satélite, MP investiga fazendas no Pantanal

Redação

As promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul ganharam um novo instrumento para combater o desmatamento no Pantanal. Com a ajuda de imagem de satélites, o MPE (Ministério Público Estadual) instaurou inquéritos para apurar a destruição de áreas de preservação permanente na planície pantaneira.

O Núcleo de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) fez comparação entre os mapas elaborados a partir de imagens de satélites em Porto Murtinho, a 484 quilômetros de Campo Grande, entre 2006 e 2008. O estudo acabou identificando as propriedades que desmataram áreas de preservação nos últimos 24 meses.

Dezessete propriedades rurais teriam desmatado e serão investigadas pelo MPE em Porto Murtinho. O promotor Douglas Silva Teixeira instaurou 14 inquéritos para investigar os proprietários por destruição de área de reserva permanente. Os editais foram publicados no Diário da Justiça desta quarta-feira.

O núcleo deverá averiguar a situação em outros municípios de Mato Grosso do Sul. No entanto, o órgão não divulgou quais os outros municípios serão alvo do levantamento.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions