ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 24º

Cidades

Com foco na Lei Seca, Carnaval terá policiamento com 2 mil PMs

Por Francisco Júnior e Luciana Brazil | 06/02/2013 12:18
Coronel mostra peças publicitárias que serão distribuídos no carnaval em todo Estado. (Foto:Rodrigo Pazinato)
Coronel mostra peças publicitárias que serão distribuídos no carnaval em todo Estado. (Foto:Rodrigo Pazinato)

A Polícia Militar divulgou nesta manhã (6) o efetivo destinado para o policiamento nos seis dias de Carnaval no interior e na Capital. Serão 2.040 policiais trabalhando de 8 a 13 de fevereiro, sendo 440 em Campo Grande e 1,6 mil nas cidades do interior do Estado.

O comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, informou durante coletiva no Comando Geral da PM, que o foco principal do policiamento neste período será o cumprimento da Lei Seca. “Antes as pessoas bebiam e arranjavam confusão dentro dos bares, hoje em dia ao longo do tempo isso mudou, a bebida reflete no trânsito. A intenção é buscar a mudança de comportamento”, explica.

As unidades policiais envolvidas no patrulhamento da Capital nos seis dias de folia são 1ª, 9ª e 10ª BPM (Batalhão da Polícia Militar), Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito), Cavalaria, CIPGdaE (Companhia Independente de Polícia Militar de Guarda e Escolta, Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motos), Rotam (Ronda Ostensiva Tático Móvel) e Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais).

Serão destinadas para Campo Grande 25 viaturas, 50 motos, quatro furgões, dois veículos para transporte de preso, quatro viaturas do trânsito, 10 motos de trânsito para eventos e além de 6 motos para atendimento de acidente de trânsito.

O policiamento nos locais de evento será feito com rádio patrulha, com moto, a pé e a cavalo.

Terão segurança reforçada os shows realizados nos dias 9, 10, 11 e 12 na avenida Fernando Correa da Costa, desfile de blocos dia 12 na Esplanada Ferroviária, desfile das escolas de samba na Praça do Papa nos dias 8 e 9 e no dia 13 durante a apuração do resultado dos desfiles.

A segurança nos clubes vai ser feita nos cinco dias, mas com rondas programadas de acordo com cronograma dos eventos.

No ano passado, quando a lei seca já estava em vigor, ocorreram 129 acidentes na Capital no periodo de Carnaval. No ano anteior, 2011, foram 189 acidentes. A ùltima morte registrada nos dias de folia foi em 2010.

PM apresenta policiamento para folia 2013 em Mato Grosso do Sul. Comandante do Policiamento do Interior, Nelson Silva, Comandante Geral da Polícia, Carlos Alberto, e Comandante do Policiamento Metropolitano, Nelson Antônio da Silva.
PM apresenta policiamento para folia 2013 em Mato Grosso do Sul. Comandante do Policiamento do Interior, Nelson Silva, Comandante Geral da Polícia, Carlos Alberto, e Comandante do Policiamento Metropolitano, Nelson Antônio da Silva.

Interior - No interior serão priorizados os municípios de Três Lagoas, Dourados, Ponta Porã, Rio Verde, Corumbá, Bonito, Aquidauana, Ivinhema, Bataguassu, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Fátima do Sul, Rio Brilhante e Amambai.

Essas localidades vão receber apoio ainda do DOF (Departamento de Operações da Fronteira, Guarda Municipal, PMA (Polícia Militar Ambiental, PRE (Polícia Rodoviária Estadual) e Segurança Privada.

A cidade de Bonito é um dos locais que receberá reforço na segurança por conta do número de foliões. É esperado um público de 12 mil pessoas a mais no município neste período.

Policiais da PRE irão intensificar a fiscalização na MS-376, próximo a Fátima do Sul.

Segundo o comandante do policiamento do interior, coronel Nelson Antonio da Silva, o número de policiais destinado para atuar nas cidades do interior é suficiente para atender essas localidades neste período.

Conforme o comandante, o interior ainda vai ter reforço de 104 policiais vindos da Capital, que serão remanejados das áreas administrativas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário