ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Com fogos e carreata, caminhoneiros fazem protesto na Afonso Pena

Mais de 40 guincheiros invadiram a pista nesta manhã para pedir a redução do ICMS do diesel

Por Danielle Valentim e Bruna Kaspary | 22/05/2018 11:03
Cerca de 40 caminhoneiros e guincheiros sobem em carreata pela Avenida Afonso Pena. (Foto: Saul Schramm)
Cerca de 40 caminhoneiros e guincheiros sobem em carreata pela Avenida Afonso Pena. (Foto: Saul Schramm)

Cerca de 40 caminhoneiros e guincheiros se reuniram na avenida Afonso Pena, em Campo Grande, na manhã desta terça-feira (22) e levaram para o Centro da cidade os protestos contra a alta no preço dos combustíveis. Além da carreata, eles soltaram fogos. Os caminhões e guinchos seguiram até o final da avenida.

Nos veículos, pedidos de redução dos impostos que recaem sobre os combustíveis, e que encarecem os produtos, entre eles o ICMS.  A manifestação ocorre simultaneamente aos bloqueios em rodovias, iniciados ontem, pelo menos motivo. 

Nesta manhã, um dos primeiros protestos começou na altura do km 324 da BR-163, no município de Rio Brilhante, a 160 km de Campo Grande. O protesto ocorre no mesmo local da manifestação de ontem, próximo ao posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal), na saída para a Capital. A concentração começou às 8h.

A Petrobras já anunciou hoje redução dos preços, mas segundo o presidente da empresa, Pedro Parente, a medida não é uma resposta ao protesto nacional dos caminhoneiros e sim tem a ver com a política de preços que vem sendo adotada, com mudanças frequentes.

Confira vídeo abaixo do protesto.

Regras de comentário